Em um ano, sobe 73,5% as notificações dos casos de zika em Pernambuco

Em 2016 o estado de Pernambuco passou por uma grave crise de saúde obstétrica e pediátrica, causadas após o surto de microcefalia causada pela síndrome congênita do vírus da zika. No ano de 2018, o aumento das notificações de novos casos da doença foi de 73,5% em relação a 2017, quando houve 830 notificações. Com relação às confirmações de zika em Pernambuco, o número saiu de zero para 56 casos.

Os dados sobre as arboviroses, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, em Pernambuco foram repassados, nesta quarta-feira (9), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). O levantamento abrange o período de 31 de dezembro de 2017 a 29 de dezembro de 2018.

 

AF News/G1/Foto: Reprodução.