Joaquim Barbosa: ‘grupo tomou poder para se proteger e continuar saqueando’

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa voltou a criticar o processo de impeachment que afastou a presidente Dilma Rousseff, chamou partidos políticos de “facções” e afirmou, sem citar diretamente o PMDB de Michel Temer, que o grupo que tomou o poder o fez para se proteger e continuar roubando.

As declarações foram feitas na última terça-feira 9 a empresários durante a abertura de um evento sobre sustentabilidade em São Paulo, conforme registrou o Jornal da Gazeta. Em sua fala, ele também fez críticas à relação entre empresas e governo que se instalou há décadas no Brasil e ao sistema político atual.
“Nosso país está paralisado há mais de um ano em função de uma guerra entre facções políticas. Sabemos por alto que se trata de ambição, de ganância, de apego ao poder, tentativa de se perpetuar no poder para se proteger, mas também para continuar saqueando os recursos da nação”, declarou JB.
Em maio, após a primeira votação do Senado pró-impeachment, ele já havia denunciando um “conchavo” no Congresso e defendido enfaticamente novas eleições no País, também em uma palestra. “Aquilo ali era uma pura encenação pra justificar a tomada do poder”, comentou Barbosa na ocasião, sobre a votação dos senadores.
“Colocar no lugar do presidente alguém que ou perdeu a eleição presidencial para o presidente que está saindo ou alguém que sequer um dia teria o sonho de poder disputar uma eleição para presidente da República. O Brasil, anotem, vai ter que conviver por mais de dois anos com essa anomalia”, disse, em referência ao PSDB e ao PMDB.

Revista “Araripina da gente” é um primor de ilusões

Revista “Araripina da Gente” confeccionada pelo governo municipal é um sonho para qualquer um que pensa em habitar no próprio paraíso. É como se vivêssemos reclamando de um lugar onde tudo transparece a boa gestão, onde existe saúde farta, educação nos trilhos, cidade toda estruturada, sem buraco, fácil de transitar a pé, de automóvel, o social, o esporte, a cultura, tudo funcionando bem. Estamos em uma cidade do semiárido nordestino com um cenário europeu. Pelo menos é o que mostra a espetacular impressão, óbvia, paga com o dinheiro do contribuinte para fazer propaganda não da cidade, mas daqueles que a governam e acham que estão fazendo o melhor por ela.

A tiragem foi de 5 mil exemplares distribuídas por todos os lugares da cidade para mostrar os feitos da gestão atual. Faltou fechar as contracapas com a Bandeira do Município e o Hino de Araripina, para provar que realmente essa gente exalta o nome da eterna Princesinha do Araripe. Que nada! Além do logotipo da gestão “A gente faz, a gente mostra” que substituiu “Unidos por um Novo Tempo” que enferrujou suas engrenagens, a cor laranja continua dando o tom do governo e desafiando a lei.

“A prefeitura vem trabalhando incansavelmente para melhorar a vida das pessoas” descrito o texto na terceira página da revista, é como se fosse um prefácio para anunciar a grande obra que foi uma gestão que ao término agora em 31 de dezembro de 2016, completará 4 anos e meio na prefeitura. A carta inicial que é subscrita pelo prefeito Alexandre Arraes (PSB), mostra uma Araripina que nós não queremos enxergar. Fala que fez o maior programa de mobilidade urbana, que apoia o esporte amador no Município. Que cuida da cidade para trazer mais qualidade de vida para todos, oferecendo mais saúde, educação de qualidade, infraestrutura adequada…

Pois bem, com relação à mobilidade urbana e para você que anda nas ruas de Araripina e consegue enxergar nitidamente os erros, eu preciso pedir licença para dizer que essa é a maior inverdade propagada pelo governo municipal. E vamos mais além. Quando um gestor investe em esporte amador, como está descrito na missiva oficial, os atletas sempre tem um pensamento voltado para o profissionalismo. E quando eu falo em profissionalismo, me lembro do “Bode do Araripe” ou do “Araripina Futebol Clube”, que o prefeito tratou de enterrar e que certamente o próximo prefeito tentará exumar para ver se ainda dar para recuperá-lo. Quer dizer, ele pode até “investir” em esporte amador, mas não quer que você saia desse estágio. Correto?

Bem, quanto a saúde e educação de qualidade que no papel couchê foi impresso e que, são as prioridades sociais em qualquer gestão que se preze, mais uma vez somos obrigados a discordar de tamanho disparate e factoide. As filas nas unidades de saúde do município continuam a espera de assistência médica e, as reclamações são pelas falta dos materiais mais básicos. As escolas continuam faltando merenda escolar e ontem dia (20) aconteceu uma passeata da insatisfação promovida pelo sindicato dos servidores, e que, passou pelas ruas em protesto pelo descaso com a educação no município, cobrando o pagamento dos professores que sempre tem mensalmente atrasado, além dos salários dos aposentados, dos pensionistas.

A obra da escola nucleada Felipe Coelho na Serra do Marinheiro, concluída com recursos do governo federal, aparece na revista e, o desafio seria mostrar que existem mais 17 obras abandonadas pelo governo municipal, inclusive a Creche Tia Corina lá na Vila Serrania, faltando apenas 5 ou 10% para ser entregue aquela comunidade.

A revista é uma verdadeira ficção não sendo injusto que a pavimentação asfáltica, por sinal sem planejamento e em boa parte já deteriorada, prova que malfeita ou não, o gestor enganou com algumas obras para poder contar alguma lorota na campanha deste ano. O que mais tem constrangido às pessoas de bem que acreditam numa Araripina melhor, e essas pessoas podemos hoje contar nos dedos, são profissionais capacitados que aparecem em fotos ao lado do prefeito e da primeira dama, para glamourizar tanta mentira e tanto descaso. Uns porque sempre viveram à sombra da prefeitura, outros porque estão se acostumando com a mesma sombra.

Fonte: O Grande Jornal

Propagandas eleitorais serão permitidas a partir de terça-feira (16). Veja as regras

A partir de terça-feira (16 de agosto). será permitido propaganda eleitoral. Até o dia 1º de outubro, os candidatos a prefeito e a vereador estão autorizados a fazer campanha para as eleições 2016, mas devem ficar atentos às restrições impostas pela legislação eleitoral.

As regras para a propaganda em 2016 estão dispostas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que também trata do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha. As punições para quem cometer irregularidades vão de multa até detenção.

Internet
É permitido fazer propaganda eleitoral na internet em sites do candidato, do partido ou coligação e por meio de mensagem eletrônica para endereços cadastrados gratuitamente por eles mesmos.
O uso de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados também está autorizado. Sob qualquer forma, é vedada a propaganda paga na internet.

Som
O uso de alto-falantes ou amplificadores de som em veículos e sedes de partidos ou coligações é liberado das 8 horas às 22 horas.
A circulação de carros de som e minitrios, como meio de propaganda eleitoral, devem observar o limite de 80 decibéis de nível de pressão sonora.
Os comícios são permitidos das 8h à meia-noite, mas a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) proíbe a realização de showmício e de evento assemelhado para promover candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.

Rádio e TV
A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 26 de agosto. A propaganda partidária não será veiculada no segundo semestre.

Jornais e revistas
Os candidatos estão autorizados a fazer anúncios pagos na imprensa escrita, com a respectiva reprodução na internet, de até dez anúncios de propaganda eleitoral em datas diversas, por veículo, no espaço máximo por edição, para cada candidato, partido ou coligação, de 1/8 de página de jornal padrão e 1/4 de página de revista ou tabloide.

Bens públicos e particulares
É vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, colocação de placas, faixas, estandartes, cavaletes, bonecos e peças afins em bens em que o uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam. A proibição se estende aos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos.
Mesas para distribuição de material e bandeiras ao longo das vias públicas devem ser móveis e não podem dificultar o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos – a colocação e a retirada dos meios de propaganda devem ocorrer entre as 6h e as 22 horas.
Já a propaganda em bens particulares pode ser feita somente em adesivo ou papel, com dimensão máxima de meio metro quadrado. Nos carros, são permitidos adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa e, em outras posições, adesivos até a dimensão de 50cm x 40cm.

Folhetos e outros materiais
A propaganda eleitoral por meio de folhetos, adesivos, volantes e outros impressos deve ser editada sob a responsabilidade do partido, coligação ou candidato, e deve trazer o CNPJ ou o CPF do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem. Brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou qualquer outro bem ou material que possa proporcionar vantagem ao eleitor são vedados pela legislação eleitoral.
Fonte: Diário de Pernambuco

Feliz dia dos Pais!

Quem disse que por de trás daquela barba que nos arranha o rosto não tem um coração moleque querendo brincar?

Quem disse que por detrás daquela voz grossa não tem um menino criativo querendo falar?

Quem foi que falou que aquelas mãos grandes não sabem fazer carinho se o filho chorar?

Quem foi que pensou, que aqueles pés enormes, não deslizam suaves na calada da noite, para o sono do filho velar?

Quem é que achou que no fundo do peito largo e viril não tem um coração de pudim, quando o filho amado, com um sorriso largo se põe a chamar?

Quem foi que determinou que aquele coroa, de cabelos brancos não sabe da vida para querer me ensinar?

Pai, você me escolheu filho, eu te fiz exemplo!

Feliz Dia dos Pais, meu pai.

Esposa de Tião desmente boatos e garante que ele será sim candidato a prefeito de Araripina

Nos bastidores da política local.

Informação quentinha e com exclusividade do Araripina em Foco.

Conversamos ontem sexta-feira (12), com Ângela esposa do pré-candidato a prefeito Tião do Gesso (SD), na oportunidade a indaguei sobre os comentários de rua que dizem a todo momento que Tião do Gesso pode desistir de sua candidatura. Ângela foi firme ao responder: ‘garanto a você que Tião é candidato sim, só Deus embata essa candidatura’. Disse Ângela
As especulações são muitas, principalmente quando se trata da política local, mas é como diz a aquela frase, “quem tem boca diz o que quer”.
O que resta é esperar para saber o que o futuro reserva para Araripina.

Dois anos após morte de Campos, PSB busca alternativa para 2018

Acidente que vitimou ex-governador completa dois anos neste sábado (13).
Para integrantes da cúpula, partido precisa encontrar liderança nacional.

Filipe MatosoDo G1, em Brasília

Passados dois anos da morte traumática do ex-governador Eduardo Campos, o PSB ainda busca um sucessor político para seu ex-líder nacional, que era tido como esperança de o partido chegar à Presidência de República.

Sem um nome de consenso, integrantes da cúpula da legenda ouvidos pelo G1 divergem sobre a possibilidade de ter um candidato próprio na corrida pelo Palácio do Planalto em 2018.

Enquanto uma ala de dirigentes defende a candidatura própria, outra diz que ainda é “cedo” para pensar no assunto. Atualmente, o PSB – antigo e histórico aliado do PT – integra a base de apoio do governo Michel Temer, inclusive, comandando o Ministério de Minas e Energia, com o deputado licenciado Fernando Bezerra Coelho Filho (PE).

Leia mais >>>

Em Araripina-PE, nenhum candidato a prefeito protocolou registro de candidatura no TRE-PE

Atualizado em 13/08/2016 – às 13h

Por Everaldo Paixão

Consultando o site do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco –TRE-PE hoje (13), você pode confirmar a informação de que nenhum candidato e nenhuma coligação de Araripina-PE, protocolizou o registro de candidatura, tanto para prefeito e vice-prefeito como para vereador.

Três candidaturas no Município foram homologadas em convenções partidárias: Tião do Gesso (Solidariedade), Aluízio Coelho (Partido Progressista) e Raimundo Pimentel (Partido Social Liberal).

O maior colégio eleitoral da Região do Araripe, Sertão de Pernambuco, com 53.291 eleitores, seguido por Ouricuri-PE com 46.911 eleitores, Araripina aguarda ansiosa a decisão dos registros das três candidaturas, porque até o dia 04 de agosto, data das convenções do Candidato do Solidariedade e do Partido Progressista, muita indecisão ainda aproximava as especulações da real situação vivida pelo cenário político local.

Depois do registro de candidaturas no TRE-PE, o candidato ainda precisa aguarda a confirmação do julgamento e, averiguadas as pendências, comprovar sua candidatura.

Apenas Ouricuri, Trindade, Santa Filomena, Santa Cruz, Granito, registraram algumas candidaturas e estão aguardando o julgamento.

NOELIA BRITO É UMA DAS APOSTAS DA SOCIEDADE CIVIL, PARA FORTALECER BANCADA FEMININA NA CÂMARA DO RECIFE, AFIRMA COLUNISTA

O conceituado colunista de Política da Folha de Pernambuco, Inaldo Sampaio, que assina a Coluna “Fogo Cruzado”, daquele matutino, incluiu o nome da editora deste Blog, Noelia Brito, dentre aqueles que contariam com “um desejo explícito de setores da classe média” para reforçar o time feminino da Câmara Municipal do Recife. Nossos agradecimentos ao prestigioso jornalista pela citação do nome de nossa editora, em sua Coluna.
Captura de Tela 2016-08-13 às 07.35.40
Timaço – Há uma sincera torcida na Câmara do Recife pela reeleição das vereadoras Marília Arraes (PT), Isabella de Roldão (PDT) e Aline Mariano (PSDB) e um desejo explícito de setores de classe média que esse time feminino seja reforçado com a eleição de Noélia Brito (PMN) e Terezinha Nunes (PSDB).

Do Blog da Noélia Brito

DO EDITOR DO BLOG DO PAIXÃO

ALÉM DE UM NOME FORTE PARA REFORÇAR A CÂMARA DE VEREADORES DO RECIFE, NOÉLIA BRITO TAMBÉM REPRESENTA UM PASSO PARA O FUTURO (PENSANDO EM ALEPE) PARA DAR VOZ AOS BLOGUEIROS EM PERNAMBUCO.

PRÉ-CANDIDATO RESPONDE PRIMEIRA DAMA DE TRINDADE

Após o pré-candidato a vereador Lenildo Carneiro (PRB) ser acusado de agressão pela primeira Dama Conceição Barros, esposa do prefeito Everton Costa (PSB) da cidade de Trindade (PE), ele nos enviou uma nota como resposta às acusações da mesma.

Leia na Integra a nota de Lenildo Carneiro

As vítimas registraram boletim de ocorrência contra a primeira dama por alterar a realidade dos fatos, e por imputar as vítimas caluniar sem provas, visto que já é de costume daquelas pessoas enganarem o povo trindadense, pois já são 4 anos de uma administração pautada em mentiras e esse caso é mais um que vai para o currículo de quem tanto tenta enganar o povo de Trindade.  Não será isso que vai me intimidar de realizar o sonho de ser representante do povo de Trindade!

 

14017555_1189474154407968_563284821_n (1)

14030828_1189474164407967_1254598851_n (1)

 

Temer prepara uma bomba para trabalhadores, diz Humberto sobre reforma da previdência

O pacote da previdência deve mudar drasticamente planos de aposentadoria de cerca de 80% dos trabalhadores que estão na ativa e os 20% restantes também serão atingidos por mudanças, mas menos drásticas.

A reforma da previdência que vem sendo preparado pelo presidente interino Michel Temer (PMDB) cairá como “uma bomba” para os trabalhadores. A avaliação é do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE). Segundo o senador, o projeto prejudica quem já está na ativa e deve ampliar distorções dentro do sistema previdenciário.

“O que o governo está vendendo aí como se fosse uma solução para as contas públicas é, na verdade, uma penalidade para os trabalhadores. Ele fala em ampliar consideravelmente a idade mínima para aposentadoria e estipular uma regra que deva ser a mesma para quem começou a trabalhar aos 18 anos e quem iniciou a sua vida profissional aos 30. Isso só favorece as distorções”, denunciou Humberto Costa.

O pacote da previdência deve mudar drasticamente planos de aposentadoria de cerca de 80% dos trabalhadores que estão na ativa. Para os 20% restantes, também deve haver mudanças, mas menos drásticas. A proposta de Temer também prevê a unificação da idade para a aposentadoria de homens e mulheres.

“Essa é mais uma marca de um governo misógino, que é formado apenas por homens brancos e ricos. No mercado de trabalho, as mulheres ganham menos fazendo a mesma função, isso sem falar nas jornadas muitas vezes duplas ou triplas das que são mães. Não é uma questão de privilégios. É uma questão de justiça social”, afirmou.

O senador também criticou a proposta do governo interino querer fazer a reforma da previdência sem passar pelo Congresso Nacional. “É um abuso de poder, um tema como esse precisa ser debatido no Congresso, com as entidades que representam os trabalhadores. Mas como Temer sabe que a reforma que ele quer geraria uma grande reação, ele quer tentar fazer tudo na surdina. Está cada vez mais claro que o golpe para tirar uma presidente proba e legitimamente eleita não é só contra Dilma, mas contra os trabalhadores”, concluiu.

Assessoria de Imprensa Senador Humberto Costa