Tragédia choca moradores em Serra Talhada: marido mata esposa a pauladas

Uma tragédia chocou os moradores do bairro da Cohab, na manhã de ontem, terça-feira (4), em Serra Talhada (PE). Um homem identificado por Everaldo Pereira da Silva, de 37 anos, matou a esposa a pauladas dentro de casa e depois se enforcou. A vítima identificada como Maria Teodósio da Costa Pereira, de 33 anos, (foto), ainda chegou com vida no Hospam, mas não resistiu. A Polícia Civil informou que eles tinham três filhos.
Vizinhos e familiares relataram que o casal já havia se separado por conta de brigas constantes, mas decidiram reatar o relacionamento e estavam juntos nos últimos dois meses. (Informações do Farol Notícias)

Orçamento enviado ao Congresso prevê novas vagas para o Fies, diz MEC

O Ministério da Educação (MEC) garantiu nessa terça-feira (04) a continuidade do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e disse que a abertura de novas vagas em 2017 está garantida no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) enviado ao Congresso Nacional.

“O orçamento do próximo ano prevê a manutenção dos alunos que estão no Fies este ano e um acréscimo de algumas vagas a mais para o próximo ano no Fies”, disse a secretária Executiva do MEC, Maria Helena Guimarães.

Ela não adiantou quantas serão as novas vagas, nem se o número será menor que este ano. “A abertura de novas vagas vêm caindo, a cada ano. Em 2014, a abertura de novas vagas no Fies foi muito grande, em 2015 teve uma queda extraordinária, em 2016, uma queda maior ainda, apenas com a iniciativa do ministro de conseguir mais recursos é que foi possível abrir 75 mil vagas a mais agora no segundo semestre desse ano”, afirmou.

De acordo com o MEC, as vagas para 2017 ainda serão pactuadas com as instituições e a previsão orçamentária do Fies na PLOA 2017 é de R$ 19,9 bilhões.

Renovações: Desde julho, quando costumam renovar as matrículas, os estudantes não conseguem acessar o sistema do Fies. De acordo com o Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), o bloqueio atinge 1.863.731 alunos de 1.358 instituições particulares de ensino. Segundo a entidade, os repasses referentes a certificados do Fies somam cerca de R$ 5 bilhões.

O MEC diz que a atual gestão encontrou o Fies sem orçamento para o pagamento da taxa de administração dos agentes financeiros do sistema, responsáveis pela contratação e aditamentos do fundo.

Para cobrir esses custos, são necessário mais de R$ 800 milhões, segundo o MEC, o que levou a pasta a enviar um projeto de Lei (PL 8/2016) ao Congresso para garantir o orçamento necessário para este fim.

O projeto de lei concede crédito suplementar ao Orçamento da União em favor do MEC no valor de mais R$ 1,1 bilhão para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. 

TRE-PE inscreve para concurso com vagas até R$ 9,9 mil

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) inscreve para o concurso que oferece quatro vagas imediatas de níveis médio e superior. Para jornadas de trabalho que podem ser de 20h ou 40h semanais, os salários variam de R$ 6.071,97 a R$ 9.962,39, acrescido de auxílio-alimentação no valor de R$ 884.

São oferecidas uma vaga para analista judiciário (área administrativa), duas vagas para analista judiciário (área judiciária) e uma vaga para técnico judiciário (área administrativa). Também são oferecidas oportunidades para cadastro reserva para o cargo de analista judiciário nas especialidades: contabilidade, análise de sistemas e medicina do trabalho.

As provas objetivas e discursivas tem aplicação marcada para o dia 19 de março de 2017. Os candidatos de nível médio farão os exames no turno da tarde e os de nível superior, no turno da manhã.

Delator da Odebrecht entrega Renan Calheiros e Bruno Araújo na Lava Jato

O ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht, Claudio Melo, entregou o atual ministro das Cidades, Bruno Araújo, deputado federal licenciado pelo PSDB.

Segundo informações divulgadas pelo site O Antagonista, Araújo já aparecia nas planilhas do departamento de propina da empreiteira baiana e Melo confirmou os repasses.

Outro que foi delatado foi o senador Renan Calheiros (PMDB). O ex-VP apontou que houve repasse de propina para o atual presidente do Senado, que recebeu o codinome “justiça” nas planilhas do Setor de Operações Estruturadas. No governo FHC, Renan foi ministro da Justiça.

Homem morre em colisão com caminhão em Araripina, PE

Um homem de 44 anos morreu após sofrer um acidente de trânsito no sítio São José, Zona Rural de Araripina (PE). A vítima morreu na hora. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e a família aguarda liberação.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima conduzia uma moto quando bateu de frente com um caminhão. O homem morreu na hora e o motorista do veículo fugiu logo após o acidente. A Polícia Civil esteve no local, mas não divulgou outras informações.

O motorista da ambulância Valdir (liso) e o gari José Pedro derrotaram o filho de Nelter Queiroz

Sem dinheiro nem estrutura, o candidato a prefeito de Jucurutu, motorista da ambulância Valdir e seu vice-prefeito, o gari da prefeitura José Pedro ganharam a eleição para o prefeito George Queiroz por 264 votos de maioria.

Foi ema eleição que contagiou todo RN pelo fato do motorista da ambulância, chamado carinhosamente pelo povo de ‘o liso’, derrotar uma das maiores oligarquias no interior potiguar.

O município de Jucurutu vinha sendo controlado pelo deputado Nelter Queiroz por 40 anos.

Veja os 15 vereadores eleitos e reeleitos em Araripina, PE

vereadores que cumprem mandato foram reeleitos:

Evilásio Mateus (PSL) ………………………………. 2.854 votos

Aurismar Pinho (PTB)……………………………….. 1.935 votos

Doval da Saúde (PC do B)…………………………. 1.573 votos

Luciano Capitão (PMDB)……………………………. 1.367 votos

Camila Modesto (PMDB)……………………………. 1.173 votos

Francisco Edivaldo (PSB)…………………………. .1.115 votos

Tico de Roberto (PRB)……………………………… .1.110 votos

João Dias (PSB)……………………………………..1.073 votos

Divona (PPL)………………………………………… 1.010 votos

A Câmara Municipal recebe 6 novos vereadores:

Mazinho de Zeca (PRTB)…………………………. . 1.178 votos

Silvano do Moraes (PRB)………………………… .. 1.166 votos

Roseilton (PTC)…………………………………….. .1.052 votos

Didô (PSL)…………………………………………… . .965 votos

Edsávio Coelho (SD)……………………………….    884 votos

João Erlan (PDT)……………………………………..  657 votos

 

1ª Suplência……..Luiz Henrique (PSL)……………..   957 votos

2ª Suplência……..João Doutor (PRTB)………………  803 votos

3ª Suplência……..Genival da Vila (PSL)……………..  782 votos

 

catshgjhfhgf

Jovem é assassinado a golpes de faca pelo próprio tio em Araripina, PE

Um homem  de 27 anos matou o próprio sobrinho a golpes de faca na tarde de sábado (01), na cidade de Araripina. O crime aconteceu por volta das 13h40min na altura da Rua Osvaldo Cruz, próximo a Feira dos Cereais no centro da cidade.

De acordo com a polícia, a vítima Bruno de Souza Pimentel de 18 anos, se encontrava no local quando foi abordado pelo tio Renato de Souza de 27 anos. Testemunhas relataram que o homem a já chegou dizendo – “Eu não disse que lhe mataria”, sacou de uma faca peixeira e desferiu vários golpes contra o sobrinho.

A vítima foi lesionada nas costas, barriga e membro inferior, não resistiu e morreu no local do ocorrido. Logo em seguida, o homicida pediu para um motoqueiro lhe dar fuga e o mesmo foi deixado pelo motociclista na Rua Sargento Miguel também no centro de Araripina – PE.

Testemunhas informaram o paradeiro do suspeito a um sargento aposentado e este foi até o local e efetuou  prisão do apontado que foi conduzido por uma guarnição da PM para DPC da 200ª Circunscrição de Araripina – PE, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de homicídio. (Por Nilson Macedo  )

Receita lança operações para recuperar R$ 17 bilhões em tributos

A Receita Federal lançou hoje (3) uma série de operações para recuperar cerca de R$ 17 bilhões em tributos sonegados e não pagos. A principal medida é a investigação das compensações tributárias, que cresceram 39% neste ano e são apontadas como uma das principais razões para a queda da arrecadação federal em agosto.

As compensações tributárias são a devolução, pelo Fisco, de tributos pagos a mais por contribuintes. O ressarcimento ocorre principalmente a grandes empresas que declaram por estimativa de lucro e pedem o reembolso quando os ganhos finais somam menos que o previsto.

Ao todo, 796 pedidos de compensações à Receita Federal e à Previdência Social passarão por auditoria. De acordo com o Fisco, a rejeição das compensações deverá render cerca de R$ 9,5 bilhões, mais multa de 50% a 150% do valor indevidamente compensado.

A Receita também pretende recuperar R$ 4 bilhões de cerca de 10 mil contribuintes suspeitos de participarem de esquemas de fraudes com títulos antigos da dívida pública. De acordo com o órgão, escritórios de advocacia, de consultoria tributária e de contabilidade têm procurado contribuintes para oferecerem créditos tributários com amparo em títulos da dívida pública.

Segundo o Fisco, a prática é ilegal, e os títulos do Tesouro não podem ser usados como lastro (base) para créditos tributários. A multa vai variar de 75% a 225% do débito sonegado.

Outra ação anunciada pela Receita é a revisão de dívidas de contribuintes suspensas pela Justiça. Um novo sistema de tecnologia da informação permitirá fazer o cruzamento, informação e classificação das ações julgadas para reativar a cobrança de dívidas tributárias quando o contribuinte não depositar a quantia integral. O sistema também facilitará ao Fisco emitir autos de infração com multa de ofício para contribuintes que não tiverem cumprido a decisão judicial de apurar e declarar o tributo.

De acordo com a Receita, existem três principais tipos de ações que serão objeto de cobrança. A primeira é a incidência de PIS/Cofins sobre juros de capital próprio. Segundo o Fisco, o Superior Tribunal de Justiça tem determinado que os juros sobre capital próprio pagos aos acionistas de uma empresa não podem ser deduzidos da base de cálculo dos dois tributos. A Receita fiscalizará 116 contribuintes e pretende recuperar pelo menos R$ 2,2 bilhões com a medida.

Outro tipo de ação é a inclusão do Imposto sobre Serviços na base de cálculo do PIS/Cofins. A União teve sentença favorável do Supremo Tribunal Federal em junho, permitindo a emissão de 1.150 mandados de segurança para cobrar R$ 350 milhões das empresas que perderam as ações. A Receita identificou ainda 1 mil ações judiciais sem efeito suspensivo, o que pode reativar a cobrança de R$ 80 milhões por mês (R$ 960 milhões por ano) em dívidas tributárias. ( Da AG do Brasil)