Buchudo, um dos criminosos mais procurados de PE, é preso no Espírito Santo

Um dos criminosos mais procurados de Pernambuco – e que tinha sete mandados de prisão em aberto – foi preso na cidade de Serra, no estado do Espírito Santo. Para a polícia, a captura do traficante e homicida Antônio Carlos da Silva, 32 anos, mais conhecido como Buchudo, deve pôr fim a uma onda de violência na Mata Sul que tinha como pano de fundo do tráfico de drogas por território e que apenas entre janeiro e fevereiro deste ano provocou 11 homicídios.

As mortes de maior repercussão atribuídas ao criminoso foram um triplo assassinato, no dia 15 de fevereiro, e uma chacina de cinco pessoas, dois dias depois. Em ambos os casos, e em mais dois homicídios registrados em 12 de fevereiro, Buchudo, que liderava uma gangue da cidade de Barreiros, foi o mandante das mortes. Ele também era foragido da Penitenciária Barreto Campelo havia dois anos. O preso, até a tarde de ontem, ainda aguardava a transferência para Pernambuco, onde ficará à disposição da Justiça.

O delegado seccional de Palmares, Frederico Marcelo, explicou que a onda de assassinatos começou ainda em janeiro, quando a organização criminosa comandada por Wanderson José dos Santos, vulgo Moure, 23, preso em Igarassu desde 2015, tentou ampliar a área de atuação de tráfico concentrada em São José da Coroa Grande para Barreiros, que era domínio de Buchudo. Na ocasião, homens de Moure mataram Jonas Vieira, 27, apelidado de Bactéria, que era cunhado de Buchudo.

O assassinato foi filmado e um recado de guerra foi enviado. “Havia duas gangues e cada uma comandava o tráfico em uma cidade. A partir do momento que uma das facções decidiu entrar na área de território da outra houve essa morte que foi filmada e divulgada nas redes sociais. A partir disso, a facção de Barreiros decidiu se vingar e teve início esses múltiplos homicídios. Nessa represália, Antônio Carlos foi o mandante de dez mortes em sequência”, contou o delegado. A maioria das vítimas era pequenos traficantes que trabalhavam para as organizações ou os chamados “aviõezinhos” (pessoas que fazem o transporte e droga). Uma delas, uma adolescente de 12 anos, morreu porque estava na companhia do namorado de 17 durante a chacina.

“A prisão do Antônio Carlos é muito importante para a Polícia Civil Pernambucana. Ele era o homem mais procurado do Estado e houve um trabalho incessante de investigação com apoio fundamental da inteligência para encontrá-lo. Com sua prisão a gente desarticula a quadrilha por ele chefiada”, reforçou Frederico Marcelo. Ao longo das investigações, que duraram quatro meses, outros cinco integrantes das duas quadrilhas também foram presos entre eles homens apontados com os executores materiais dos assassinatos.

Há dois meses, o setor de inteligência da PC identificou que Buchudo havia se mudado para uma casa no Espirito Santo, onde morava com a esposa e uma filha, e foi montado o cerco. O homem não ofereceu qualquer resistência à prisão. O chefe de Polícia Civil, Joselito do Amaral, destacou que a identificação de outros integrantes das gangues ainda deve acontecer, mas que a retirada de circulação dos cabeças das facções já gerou impactos na segurança da Mata Sul. “Com o fim dessas duas quadrilhas já diminui bastante o número de mortes nessa região”, afirmou. 

Fonte: Folha PE

Sesc vai realizar amanhã Caminhada Ecológica em Araripina

Com o objetivo de conscientizar sobre preservação do meio ambiente e sustentabilidade, o Sesc Ler Araripina realiza nesta terça-feira (19/6), a partir das 8h, uma Caminhada Ecológica com os estudantes da Unidade. A concentração acontecerá na praça da Igreja Matriz, e percorrerá as principais ruas do Centro.

A atividade, que integra a programação em celebração ao mês do Meio Ambiente, vai reunir os estudantes da Educação Infantil e Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA).  Outras escolas do município também devem participar da caminhada.

 Por meio do projeto “Educação ambiental: um olhar diferente”, durante todo o ano, o Sesc Ler Araripina desenvolve atividades relacionadas a preservação do meio ambiente com seus estudantes, como reciclagem de materiais e aproveitamento consciente de alimentos. 

 Quem for conferir a caminhada, também poderá degustar pratos preparados com o aproveitamento de cascas, talos e folhas de frutas, verduras e legumes, evitando o desperdício; comprar verduras cultivadas pelos estudantes na horta do Sesc; e bolsas confeccionadas com o reaproveitamento do material plástico utilizado para fazer banners. O valor arrecadado será revertido para a manutenção da horta e para custear a produção das bolsas.

Assessoria de imprensa/Foto: Reprodução

“Meu único voto garantido é em Socorro Pimentel e Mendonça Filho”, diz ex-prefeito Bringel

Indecisão para governo – Matéria publicada em um blog da capital, dizia que o ex-prefeito Bringel e o seu filho o atual vice-prefeito de Araripina, estaria de malas prontas para votar em Paulo Câmara. O blog entrou em contato com Bringel Pai para saber dele se o boato era verdade ou mentira, ele respondeu dizendo que ainda não estava nada certo, mas que existe uma grande possibilidade de votar em Paulo Câmara, e que está apenas esperando a composição de chapas.

Bringel garantiu o voto em Socorro Pimentel para estadual e em Mendonça Filho para senador.

“Só tenho uma coisa certa, o voto de Socorro Pimentel e o voto de Mendoncinha, aí tá certo, agora governador, só vou decidir depois que eu ver quem é a chapa, ainda sabemos quem é o vice de Armando e nem o de Paulo, quando decidir, eu me decido com Bringel Filho”, disse Bringel.

Araripina em Foco/Damião Sousa/Política/Foto: Reprodução

Kaio Maniçoba integrou comitiva de Paulo Câmara no Sertão

Deputado federal e ex-secretário de Habitação, Kaio Maniçoba anunciou melhorias para cidades como Araripina, Ouricuri e Bodocó.

O deputado federal e ex-secretário de Habitação do Governo Paulo Câmara (PSB), Kaio Maniçoba (SD), passou a quinta-feira (14) percorrendo cidades do Sertão de Pernambuco ao lado do governador anunciando obras para a região. Em Araripina, a comitiva visitou o polo esportivo e os moradores receberam do governador 130 títulos de propriedade. Paulo Câmara também aproveitou para autorizar a licitação de poços artesianos.

Em Ouricuri, o Estado anunciou investimentos no Hospital Regional Fernando Bezerra. A unidade vai ter iniciado o trabalho de estruturação para a instalação de um tomógrafo também vai ganhar um setor de hemodiálise na UTI. “Tenho lutado e conversado com o governador para tentar levar a mesma estrutura para Serra Talhada, cidade estratégica no Sertão do Pajeú e que recebe pacientes de diversos municípios da região”, explicou Kaio Maniçoba.

Ainda em Ouricuri, o governador também assinou a autorização para a construção da adutora de Tamboril, que vai beneficiar 2500 pessoas. Já Bodocó terá de volta a ponte de acesso à cidade, prejudicada pelas chuvas. “Meu compromisso com o povo do Sertão é constantemente reafirmado nos diálogos com o governador Paulo Câmara, para quem sempre levo as necessidades dos municípios sertanejos. Atento às causas do nosso povo, o governador atende com sensibilidade nossas demandas”, enfatizou o deputado federal, que é pré-candidato à reeleição.

Assessoria de imprensa/Fotos: Jeimeson Luna/Divulgação

Atlas da Violência: Petrolina é citada como uma das cidades mais violentas de Pernambuco

Um estudo apresentado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) apontou Petrolina entre as cidades mais violentas de Pernambuco. O Atlas da Violência de 2018 – Políticas Públicas e Retratos dos Municípios Brasileiros relacionou a criminalidade com a ausências de políticas públicas.

Segundo o Atlas, quatro das 10 cidades mais violentas são na Bahia, duas no Rio de Janeiro. Queimados (RJ) tem a pior taxa do país (134,9), seguido de Eunápolis (BA), Simões Filho (BA), Porto Seguro (BA), Lauro de Freitas (BA), Japeri (RJ), Maracanaú (CE), Altamira (PA), Camaçari (BA) e Almirante Tamandaré (PR).

Atlas 2018

A pesquisa mapeou as mortes violentas no país, com cidades cuja população está acima de 100 mil habitantes, com base nos dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. O mapeamento das mortes violentas foi comparado a dez indicadores sociais, como acesso à educação e renda per capita. O estudo mostra que, quanto melhores são os indicadores, menores são as taxas de violência.

“Fica claro que, com planejamento e políticas focalizadas territorialmente, é possível mudar a realidade dessas comunidades, com grande impacto nas condições de segurança pública das cidades e mesmo do Brasil”, afirma o relatório.

Pernambuco

Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Jaboatão, Camaragibe, Olinda, Recife, Paulista e Petrolina são as cidades com os piores índices no Atlas. O município menos violento do país é Brusque (SC). Confira a seguir os dados em Pernambuco.

Cabo de Santo Agostinho (PE) – 81,4

Caruaru (PE) – 68,2

Jaboatão dos Guararapes (PE) – 64,7

Camaragibe (PE) – 62,5

Olinda (PE) – 60,7

Recife (PE) – 53,1

Paulista (PE) – 50,4

Petrolina (PE) – 40,9.

 

Fonte: Waldiney Passos

Dr. Aluísio receberá Marília Arraes amanhã em Araripina

A pré-candidata a governadora pelo PT – Partido dos Trabalhadores, Marília Arraes, estará amanhã terça-feira (19), em Araripina, onde participa de uma reunião com o pré-candidato a deputado estadual Dr. Aluísio Coelho (PSC).

O encontro foi anunciado através do próprio Aluísio, que entrou em contato com o blog e disse que estaria recebendo Marília em sua casa.

Aluísio Coelho foi candidato a prefeito de Araripina nas eleições de 2016, mas ficou em segundo lugar, agora o médico quer dar voos maiores e vai para uma disputa de deputado estadual.

Araripina em Foco/Damião Sousa/Política/Foto: reprodução

Polícia Federal erradica 265 mil pés de maconha durante a ‘Operação Macambira II’ no Sertão de PE

A Polícia Federal erradicou 265 mil pés de maconha durante a ‘Operação Macambira II’ no Sertão de Pernambuco. A ação aconteceu entre os dias 4 e 15 de junho, e os plantios foram localizados em ilhas do Rio São Francisco nas cidades de Orocó, Cabrobó, Belém do São francisco e Santa Maria da Boa Vista, bem como em áreas de caatinga nos municípios de Salgueiro, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Betânia e Floresta.

Além dos 265 mil pés de maconha, também foram destruídos 126 plantios, 131 mil mudas da planta e apreendidos 198 quilos da erva pronta para o consumo.

Segundo a polícia, a Operação Macambira II contou com um efetivo de mais de 94 policiais entre federais e militares, que trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais.

94 policiais entre federais e militares, que trabalharam nas incursões (Foto: Divulgação/ Polícia Federal)

94 policiais entre federais e militares, que trabalharam nas incursões (Foto: Divulgação/ Polícia Federal)

A ação evitou a produção de 88 toneladas da droga, o que contribui para o desabastecimento dos pontos de venda de droga, evitando assaltos, furtos, homicídios, assassinatos e acertos de contas.

Em 2018, a primeira operação Macambira erradicou 226 mil pés de maconha, somada a segunda, são 491 mil pés erradicados e 163 toneladas de maconha, que deixaram de ser produzidas no Sertão de Pernambuco.

G1 de Petrolina/Foto:Divulgação PF

Ciro, Alckmin e Bolsonaro dividem a centro-direita

fragmentação da centro-direita começa a inflar divisões dentro dos partidos que não conseguem chegar a um consenso sobre o nome que os representará na disputa eleitoral pelo Planalto. Deputados do DEM, por exemplo, estão apartados em três alas: a que prega o apoio a Ciro Gomes (PDT), a que prefere Geraldo Alckmin (PSDB) e a que aposta em Jair Bolsonaro (PSL). No grupo de WhatsApp da bancada da sigla, há discussões e guerra de memes sobre o melhor candidato.

Rodrigo Maia (DEM-RJ) –que ainda ocupa o posto de presidenciável, mas capitaneia conversas com outras legendas– tornou-se alvo de pressão. Semana passada, recebeu um telefonema de um deputado aliado a Alckmin.

O presidente da Câmara também teve de frear discussão no grupo do partido quando um colega que apoia Bolsonaro enviou um vídeo com uma coletânea de declarações desastradas de Ciro Gomes. Se a decisão do DEM for calçada no quesito quem fala mais besteira, brincou Maia, a competição será acirrada.

A divisão no DEM, assim como em partidos do centrão, tem forte viés regional. No PP, por exemplo, os quadros do Nordeste são Ciro Gomes enquanto os do Sul apoiam Alckmin.

A dificuldade de chegar a um consenso levou siglas como o SD e o PSB a ressuscitarem a tese de que pode ser melhor lançar candidato próprio, mesmo com baixas chances. O escolhido divulgaria palanques de governador na TV e ajudaria as legendas a fugir do embate entre PSDB, PT e PDT. Dirigentes desses partidos apontam Aldo Rebelo (SD-SP) como opção para a empreitada. Daniela Lima – Painel, Folha de S.Paulo)

PSDB pesquisa por que Alckmin não decola

O PSDB encomendou uma pesquisa para tentar entender como Geraldo Alckmin não decola em São Paulo.

Ele deixou o cargo de governador com 36% de aprovação e hoje não crava mais do que 15% dos votos no estado.

Uma das constatações preliminares é a de que o eleitorado tradicional do partido não acredita que Alckmin será candidato até o fim da corrida eleitoral. (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)