No Recife, Ciro descredencia Haddad

O candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT), em agenda pelo Recife, fez críticas a Fernando Haddad, candidato pelo PT e que tem se mostrado a preferência dos pernambucanos nas pesquisas de intenção de votos. Segundo Ciro, o “amor ao Lula” se transformar em aposta em Haddad pode levar a um governo fraco, sem governabilidade e aponta para um candidato que desconhece o Nordeste e principalmente Pernambuco.

“Dos 13 candidatos, sou o único que tem vida política no Nordeste. Isso é fato. Quando ele vier saber onde é Salgueiro, acabaram os quatro anos”, declarou. As críticas se estenderam ao PT, inclusive na aliança com o governador Paulo Câmara (PSB), do partido que apoiou a retirada de Dilma em 2016. “O PT pensa primeiro no partido, depois no povo. O meu caso é o contrário”, garantiu.

A agenda de Ciro Gomes no Recife começou com ato no Colégio Maria Auxiliadora e depois visitou o comitê do candidato a deputado federal Túlio Gadelha (PDT). O candidato ao governo de Pernambuco Maurício Rands (Pros) acompanhou a agenda. O ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), e o presidente nacional da sigla, Carlos Luppi, também participaram dos encontros.

Do Diario de Pernambuco