Mulher é espancada até a morte e tem corpo colocado em geladeira no Piauí

A Polícia Civil do Piauí conseguiu prender um homem conhecido apenas como ‘Chiquinho Tatuador’, acusado de matar uma mulher usuária de drogas, esconder seu corpo em uma geladeira e arrastar para um matagal na cidade de São Raimundo Nonato.

De acordo com informações do delegado, o suspeito confessou o crime e alegou em depoimento que a vítima já tinha entrado em sua residência pelo menos duas vezes para realizar furtos.

“O chiquinho encontrou a vítima que já era sua conhecida, ela tem diversas passagens pela polícia, é usuária de drogas e o autor a encontrou pela segunda vez furtando objetos em sua residência. Dessa vez ele perdeu a consciência e começou a espancá-la até a morte, depois ele colocou na sua geladeira afim de resguardar o corpo por algumas horas e no inicio do outro dia ele a levou para um matagal próximo a sua casa, deixando o corpo escondido no mato. Ele evadiu-se para uma localidade chamada Garrincha, alguns populares da região viram o corpo, a polícia foi no local e seguiu o rastro do sangue que deu na residência do autor do crime.

Depois ele apareceu disfarçado usando vestes, chapéu, óculos para a cidade de São Raimundo Nonato afim de não ser identificado, ocorre que pelo seu jeito de andar, pela sua compressão física as pessoas o identificaram, acionaram a polícia, a delegada compareceu a via pública, deu voz de prisão onde o conduziu até a delegacia e ele foi autuado em flagrante delito”, declarou.

Fonte: Meio Norte/Foto:Divulgação PM