Socorro Pimentel cobra ampliação de políticas públicas na proteção à mulher

Nessa terça-feira (05), a deputada Socorro Pimentel Socorro reuniu-se com a secretária estadual da Mulher, Sílvia Cordeiro, e com a coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Lúcia Helena, para conhecer o programa que foi implantado em Pernambuco em 2013.

A Patrulha Maria da Penha tem o objetivo de realizar visitas em caráter preventivo e ostensivo, direcionadas ao acompanhamento das mulheres vítimas de violência e à fiscalização do cumprimento das Medidas Protetivas de Urgência por parte do agressor, mas de acordo com a deputada, precisa ser ampliada e necessita de maior divulgação.

“Infelizmente, um programa de extrema importância na atenção às nossas mulheres está restrito a poucos municípios. Não existem campanhas que levem ao conhecimento das mulheres, nos quatro cantos de Pernambuco, sobre a prática da Patrulha Maria da Penha”, disse.

Na Assembleia, Socorro Pimentel ocupou a Tribuna durante a Reunião Plenária, para pedir a instalação de novas delegacias especializadas no atendimento à mulher no Interior. A deputada alertou que os sertões Central e do Araripe ainda não contam com unidades da Polícia Civil dedicadas à prevenção e à repressão da violência doméstica e sexual.

“É possível identificarmos negligência no campo político quanto a não implantação de políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres. Só este ano, em Pernambuco, foram registrados 15.833 casos desse tipo de agressão. A maioria acontece no interior do estado, em especial no Sertão”, afirmou.

A parlamentar apontou ainda que está prevista na Legislação Estadual, desde 2008, a criação de uma delegacia da mulher em Ouricuri, no Araripe, que não foi implantada. “É imperioso transmitir sentimento de segurança às sertanejas, para proteger suas vidas e as de seus filhos”, concluiu.

Assessoria de Imprensa

Socorro Pimentel busca reforço no abastecimento de água no Sertão

Nesta terça-feira (05), a deputada Socorro Pimentel visitou Comando Militar do Nordeste para pedir reforço nas operações com carros-pipa e perfuração de poços no Sertão do Araripe. A parlamentar foi recebida pelo general Moura e tratou da assistência à Região do Araripe e também da participação dos municípios na promoção de novas soluções e na manutenção dos serviços prestados pelo Exército.

Socorro Pimentel também esteve, na última sexta-feira (01), em Ouricuri, com o superintendente regional da Compesa, João Virgílio, conversando sobre as dificuldades enfrentadas pela população da região com a falta da regularidade no abastecimento d’água.

Durante a Reunião Plenária na Assembleia, a parlamentar também cobrou do Governo do Estado medidas efetivas e que não tornem a população dependente de ações ocasionais.

“A insuficiência e irregularidade na distribuição de chuvas, a temperatura elevada e a forte taxa de evaporação são características climáticas da nossa região; isso é perene. Precisamos aprender a conviver com essa realidade desenvolvendo programas e projetos já adotados em outros países do mundo. É imperioso que o Governo de Pernambuco adote medidas que garantam o fornecimento permanente e não torne as populações atingidas, eternas dependentes de providências momentâneas e com viés político”, disse.

 

Em dois anos,MPT move 131 ações beneficiando mais de 2288 trabalhadores

O Ministério Público do Trabalho (MPT) concluiu relatório parcial do Projeto Gesso, cujo objetivo principal é a regularização das condições de saúde e segurança no trabalho no polo gesseiro do Araripe (Pernambuco), responsável pela produção de cerca de 95% do gesso do país. Em dois anos, 161 empresas foram inspecionadas, 131 ações civis públicas movidas e 2288 trabalhadores beneficiados diretamente. As indenizações por dano moral coletivo somam R$ 800 mil reais.
Os dados preliminares foram apresentados pelo coordenador do projeto, o procurador Ulisses Dias de Carvalho, em agosto. Ele avalia que a partir da extensão da atuação e das informações colhidas nas visitas realizadas nos municípios que integram a região do Araripe pernambucano, a situação geral dos trabalhadores ativados nas empresas inspecionadas vem melhorando, apesar do encerramento das atividades de diversos dos estabelecimentos visitados.
Ulisses também constatou que há notícias de diminuição do número de reclamações trabalhistas ajuizadas contra essas empresas nos últimos 12 meses, mesmo com a grave crise econômica que assola o país.
Judicialização
Em decorrências das graves irregularidades encontradas, que colocavam em risco a saúde dos trabalhadores e da população local, foi preciso mover um número significativo de ações civis públicas. Em 2015, foram acionadas 68 empresas na justiça. Em 2016, 63, totalizando 131 ações.
Desse montante, destaque-se o alto percentual de deferimentos liminares pela justiça. O juízo trabalhista de Araripina, cuja titularidade é exercida pela juíza Carla Janaina Moura Lacerda, garantiu a tutelada antecipada em 96,27% das ações movidas pelo MPT.
Há nove anos atuando na vara de Araripina, a juíza informou que as ações do MPT cumprem um papel importante na melhoria das condições de trabalho na região. Ela disse que o trabalhador do gesso não tem o perfil de demandar a justiça do trabalho, sobretudo porque não tem sequer um parâmetro de uma condição digna de trabalho.
“Para se ter uma ideia, as demandas individuais desse trabalhador não chegam a 30% do volume de processos da vara, o que é bastante significativo quando se sabe que há problemas no segmento econômico e que é grande o contingente de pessoas laborando nele”, disse. “As ações do MPT preenchem esse vazio, possibilitando uma mudança nas relações de trabalho”, completou.
Irregularidades
Entre as infrações cometidas pelos estabelecimentos estão, na maioria, o não fornecimento de equipamento de proteção individual (EPI) aos funcionários; a ausência de monitoramento da exposição dos trabalhadores aos agentes ambientais presentes na atividade; a insuficiência na limpeza, expondo os empregados à poeira de gesso; e instalações elétricas em más condições.
Há ainda casos de informalidade, de não fornecimento de copos individuais ou bebedouros para o consumo de água potável; e de ausência de conservação, asseio e higiene nos banheiros. É recorrente também a falta de equipamentos apropriados para facilitar o transporte manual de cargas, evitando sobrepeso capaz de prejudicar a saúde e a integridade física dos trabalhadores.
Projeto Gesso
O grupo de trabalho para o acompanhamento das condições de meio ambiente laboral das empresas envolvidas no processamento e beneficiamento da gipsita, localizadas no polo gesseiro do Araripe, foi criado em novembro de 2016, tendo como base os primeiros resultados obtidos em força-tarefa em 2015. A partir de então as ações passaram a compor o Projeto Gesso, dentro das ações prioritárias da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho (Codemat) do MPT.
O foco das atividades tem sido os municípios pernambucanos de Araripina, Ipubi, Trindade e Ouricuri. A expectativa é que o projeto se estenda por 2018. O MPT conta com o apoio, nas fiscalizações realizadas, da Polícia Rodoviária Federal.
tabela gesso
tabela gesso
FONTE: MPT/PE

PSDB pode punir prefeito Ricardo Ramos, diz imprensa local

Pelo visto a passagem da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, na última quinta-feira (31/08), gerou um mal-estar dentro do PSDB de Pernambuco. O motivo foi a presença do prefeito Ricardo Ramos no palanque do líder petista.

Ricardo é filiado à legenda tucana há anos, mas não só recebeu Lula calorosamente, como esteve no palanque do petista, e ainda discursou. “Todas as forças deram as mãos para receber o maior presidente da história”, disse. O prefeito ainda entregou a Lula uma bandeira da cidade e um gibão (vestimenta típica dos vaqueiros nordestinos).

Mas tanta admiração de carinho não foi compreendida pelo PSDB estadual, que prometeu abrir um procedimento contra o prefeito de Ouricuri. (Com informações/foto do Site Ouricuri em Foco)

 

Prefeito Ricardo Ramos vira repercussão nacional após elogios ao ex-presidente Lula

Após receber o ex-presidente Lula em sua cidade, o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos do PSDB, virou repercussão nacional. Em vários sites e blogs de notícias do País, Ricardo é destaque, o motivo é por ele ser filiado ao PSDB, partido rival dos Trabalhadores PT.

A caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Nordeste tem feito tanto sucesso que até políticos de partidos adversários do PT têm rendido homenagens a Lula.

Foi o que aconteceu nessa quinta-feira, 31, em Ouricuri, no sertão pernambucano. Lula foi recebido pelo prefeito Ricardo Ramos, filiado há anos ao PSDB, com o discurso de que “todas as forças deram as mãos para receber o maior presidente da história”. Ramos entregou a Lula uma bandeira da cidade de Ouricuri e um gibão, vestimenta típica dos vaqueiros nordestinos. Ramos ainda agradeceu a tudo o que Lula fez pelo Brasil e principalmente pelo nordestino. 

Em seu discurso, Lula agradeceu as homenagens e enfatizou o tom municipalista que marcou seus dois governos. “Tenho orgulho de dizer ao povo de Ouricuri: fui presidente durante oito anos e duvido que tenha um prefeito que diga que eu o destratei”, afirmou.

O petista voltou denunciar o retrocesso que vive o País depois do golpe contra a presidente legítima Dilma Rousseff. “A única razão que eu encontro para terem tirado a Dilma foi pra barrar os avanços dos mais pobres. Foi por isso que eles deram o golpe na Dilma, porque os pobres queriam ser respeitados, comer bem, viajar de avião”, disse.

Ouricuri – “Tiraram Dilma para barrar políticas sociais”, denuncia Lula

“A única razão que eu encontro para terem caçado a Dilma é para barrar as políticas sociais”, denunciou o ex-presidente Lula em discurso em Ouricuri, Pernambuco, um ano após o afastamento definitivo da presidenta democraticamente eleita Dilma Rousseff.

Lula, que está na cidade como parte da caravana Lula pelo Brasil, que percorre os estados do Nordeste até o dia 5/10, disse ainda que há um notável rancor da elite contra as políticas de inclusão social promovidas nos governos do PT.

“Foi o período em que mais se criou empregos, em que mais se deu aumento de salário. Hoje, vocês vêm na televisão que a coisa não tá boa”, denunciou.

“Essa elite perversa estava incomodada porque chegava no aeroporto e via pobre viajando de avião. Dizia que pobre não tem que andar de avião, tem que andar de ônibus. Quem é que disse que avião foi feito só para eles? Eles constroem avião? Não. Quem constrói é o trabalhador, então ele tem o direito de andar de avião, basta ter dinheiro”, prosseguiu.

“No meu primeiro ano de governo, os gerentes do Banco do Brasil tinham desaprendido a atender pobre. Quando chegava um coitadinho com o chinelo, achavam que o cara estava pedindo esmola, que ia roubar. Mas eram os grandões, com o charuto na boca, que iam roubar. Nós não. E nós fizemos as pessoas aprenderem a nos respeitar!”

Lembrando da infância difícil, Lula falou ainda sobre sua missão de tirar o Nordeste de sua história de esquecimento por parte do poder público e de pobreza. “Quem mora na Avenida Paulista, em Boa Viagem, em Copacabana, não sabe o valor de uma cisterna pra um sertanejo que passa meses e meses sem ter água.”

Mesmo com a voz já demonstrando sinais de cansaço após a longa jornada, Lula falou ao povo pernambucano com o coração.

“Não tem nada mais importante do que uma mãe saber todos os dias que a criança vai dormir com o buchinho cheio, que vai acordar e ter um copo de leite, um pão com manteiga. Eu provei que é possível isso, e tiraram Dilma porque o PT estava provando que o pobre não quer morar na senzala, ele tem direito de subir um degrau.”

“Eles têm como objetivo evitar que o Lula possa ser candidato a presidente, e por isso estão com processos contra mim. Eu desafio essa gente da Operação Lava Jato a apresentar R$ 1 de desvio nas minhas contas. Leio na imprensa a quantidade de mentiras que eles contam e, se provarem alguma coisa, tenho coragem de vir aqui pedir desculpas. Mas queria que, se não encontrarem, eles venham pedir desculpas a mim.”

“Se o PT e os partidos aliados quiserem que eu seja candidato, eu serei candidato, vou ganhar as eleições e vou consertar esse país. Esse país vai voltar a sorrir, as pessoas vão voltar a ser otimistas, vão voltar a sonhar e ter esperança. Mas eu não quero governar esse país como vocês. Eu quero cuidar do povo como uma mãe cuida dos filhos. Com o coração!”

“Quando a Dilma fazia investimentos de R$ 4 bilhões para o Minha Casa, Minha Vida, quase R$ 2 bilhões eram subsídios, porque a gente não pode querer que uma pessoa que tem uma aposentadoria rural deixe de comer para pagar prestação da casa.”

Para o deputado federal Silvio Costa, a perseguição cotidiana e maciça contra o ex-presidente tem um motivo claro: “Lula não é Lula. Lula é uma causa no coração das mulheres e homens!”

O parlamentar lembrou também seu passado de filho de trabalhador rural para saudar todas as políticas públicas implementadas pelo PT nos governos Dilma e Lula.

“Para mim hoje é um dia feliz, porque este é um dos maiores eventos dessa caminhada. Mas é também um dia triste porque faz um ano que esses canalhas tiraram a presidenta Dilma do poder”, afirmou.

“Esses caras tiraram a presidenta Dilma porque têm horror aos menos favorecidos, esse Michel Temer serve a parte dessa elite que roubou esse país por 500 anos. Quando olho nos olhos do senhor, presidente, vejo a solidariedade, o compromisso, o amor aos menos favorecidos”, encerrou.

Por sua vez, o senador Humberto Costa também lembrou a data em que a perseguição aos direitos do povo foi decretada. “Esse Temer está demonstrando que quer acabar com o direito do povo se aposentar, se alimentar pelo Bolsa Família, de ter uma casa pelo Minha Casa, Minha Vida”, denunciou.

“Quem não se lembra do povo passando fome no período de seca? Foi Lula quem trouxe Bolsa Família, Bolsa Estiagem, cisternas, a transposição do Rio São Francisco e a garantia de que nenhum nordestino morreria de fome num país tão rico como o Brasil.”

E prosseguiu: “O principal objetivo desta caravana é dizer ao povo brasileiro que, apesar de todos esses que estão aí, de todos que querem o povo nordestino escravizado, pedindo esmola e trocando voto por pão, o Brasil tem jeito, e o jeito que vamos dar é independente de eles quererem ou não!”

Assista à íntegra do ato:

 

Lula será recebido por Raimundo Pimentel em Araripina

Em contato com o prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), eles nos confirmou que receberá logo mais a noite, na entrada da cidade, na Pomba a partir das 19h o ex-presidente da República Lula.

Será a primeira vez do petista na cidade. O partido dos trabalhadores nas últimas eleições para presidente teve uma votação esmagadora em Araripina, quando a candidata do partido era Dilma, ele tirou 29 mil votos.

O prefeito Raimundo Pimentel disse que será uma honra receber o ex-presidente Lula, e fará isso com maior respeito.

O Presidente Lula cumpre uma agenda hoje na cidade de Exu onde visita o parque Asa Branca e a casa em que o cantor Luiz Gonzaga nasceu. Somente então, ele segue para o ato em Ouricuri, no Sertão do Araripe, onde participa do ato “Pelo Semiárido, pelos direitos e por Lula”, às 15h, na Praça Voluntários da Pátria, em Ouricuri, coordenado pela Direção Estadual do PT e pelo Prefeito de Granito, João Bosco.

Amanhã o ex-presidente cumpre agenda na cidade vizinha de Marcolândia, PI, onde será recebido pelo Petista prefeito Chico Pitu e também pelo Governado do Estado Welignto Dias.

Araripina em Foco/Damião Sousa/foto-Paulo Elias

Polo sindical do Araripe articula população para receber o ex-presidente Lula em Ouricuri

Durante toda a manhã da última segunda-feira (28), O Polo Sindical do Araripe, se reuniu no escritório da Fetape em Ouricuri, onde com a presença de vários representantes de sindicatos da região foi discutido a articulação para organizar a população para vir ao encontro do ex-presidente Lula na quinta-feira (31) em Ouricuri.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Exu, Tiquinho, declarou que sua cidade está se mobilizando para vir ao encontro Lula e que, a expectativa é que o município consiga trazer cinco (05) ônibus lotados da terra do rei do baião.

Ferrinho do Sindicato, diretor da Fetape comandou o encontro. Para ele a reunião foi muito produtiva e a articulação está acontecendo não só no Araripe, mas também no Sertão Central, Pajeú e São Francisco. Ferrinho declarou que a vinda de Lula em Ouricuri não é partidária e sim uma agenda da sociedade organizada e não organizada, frisando que Lula é do povo.

Ferrinho convidou o povo de Ouricuri para está presente no encontro com o ex-presidente Lula, inclusive convidou o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), para está presente no evento.

Lula volta com Caravana ao Sertão de Pernambuco, Ouricuri é o destino

Após os atos pelo Recife e Região Metropolitana, nos dias 24, 25 e 26 de agosto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) volta a Pernambuco, na próxima quinta-feira (31). A Caravana Lula pelo Brasil aportará no Sertão do Estado, no município de Ouricuri. Vindo do Ceará, a caminho do Piauí, o cacique petista participa do ato “Pelo Semiárido, pelos direitos e por Lula”, a partir das 15h, na Praça Voluntários da Pátria.

Leia também:
Ex-presidente Lula chega ao Cais do Sertão
Lula: “Quem aprendeu a andar de avião não quer mais andar de pau de arara”
[Vídeo] “Todo mundo diz que estão tramando alguma para impedir candidatura”
[Vídeo] “Não discuto Moro na caravana”, diz Lula na despedida do Estado

O ato é coordenado pela direção estadual do PT e pelo prefeito de Granito, João Bosco. Para tanto, o presidente estadual da legenda, Bruno Ribeiro, está em contato com o partido na região para mobilizar a participação dos petistas na atividade, que contará com a participação de grupos de artistas e autoridades locais.

“Todo Sertão nordestino tem uma grande admiração por Lula, pelo que ele fez durante os anos de governo em prol das pessoas mais carentes”, disse o prefeito João Bosco. “Estamos passando por cinco anos de estiagem, de seca, mas o homem do campo está conseguindo sobreviver sem passar por necessidades graças aos programas sociais que vão ajudando o produtor a adquirir a sua condição de viver”, concluiu.

Segundo o gestor, programas como Garantia-Safra, programa de cisternas implementado por meio da Codevasf, poços artesianos, a Transposição do São Francisco e o Luz para Todos, além do aumento do piso salarial dos professores, melhoraram a qualidade de vida das pessoas do campo.

A viagem do ex-presidente Lula entre agosto e setembro é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

A caravana conta com a participação da Fundação Perseu Abramo, que lançou recentemente o Programa Brasil em Movimento, com o objetivo de elaborar uma estratégia para o futuro do País.

No último sábado (26), Lula realizou ato da caravana em Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. A atividade foi a última dos três dias de passagem pela capital pernambucana. No local, ele conversou com os moradores e visitou a Associação de Pescadores do bairro.

Folha de Pernambuco/Foto: Anderson Stevens

Homem é preso com notas falsas em Ouricuri

Um homem foi preso por aplicar golpes usando notas falsas em Ouricuri, no Sertão do Araripe, no último domingo (27). Policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM) receberam uma denúncia e as características de indivíduos que estariam repassando notas falsas. Por volta das 17h, eles encontraram um homem de 32 anos em um bar com três cédulas de R$ 100.

Ele confessou o crime e disse que encomendou o material a uma pessoa de São Paulo e que pagava R$ 100 para cada R$ 300 em notas falsas que recebia.

O suspeito foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Ouricuri. Os militares continuam em busca de outros suspeitos do mesmo crime.

Folha de PE/foto ilustrativa