Petrobras estuda reduzir preço da gasolina até final do ano

A Petrobras deve anunciar até o fim do ano uma redução no preço da gasolina. Segundo apurou João Borges, editor de economia da GloboNews, a redução do preço está em estudo na companhia. A intenção é anunciar a medida junto com uma nova política de preços para os combustíveis, cujo critério será o alinhamento do preço praticado no Brasil com os do mercado internacional.

Atualmente, a gasolina comercializada no Brasil está até 30% mais cara que na média dos preços no exterior, de acordo com cálculos de economistas que acompanham esse mercado.

O último aumento nos preços dos combustíveis nas refinarias foi anunciado em setembro do ano passado: 6% para a gasolina e 4% para o diesel.

Desde então, a Petrobras vem obtendo elevada margem de lucro com a venda de combustíveis, permitindo à empresa recuperar parte das perdas que teve no período em que o governo a obrigou a manter os preços artificialmente represados.

Política de preços

A nova política de preços para os combustíveis está sendo preparada pela diretoria da Petrobras. O princípio será a paridade com os preços internacionais.

Se essa política for de fato adotada, os preços passarão a flutuar, para baixo ou para cima, de acordo com a variação do dólar e com a cotação do petróleo no mercado internacional. (fonte: GloboNews)

Apostador de Petrolina leva mais de R$ 3,7 milhões em sorteio da Quina

O mais novo milionário da Quina é de Petrolina. O felizardo foi o único a acertar ontem (20) as cinco dezenas do prêmio: 04-10-15-34-76.

A Caixa Econômica Federal (CEF) pagará ao sortudo nada menos do que R$ 3.705.014,83. A quadra saiu para 97 bilhetes, cada um recebendo a quantia de R$ 4.496,83. O terno vai pagar R$ 86,85 para 7.552 apostas, e o duque R$ 2,08 para 172.784 apostas. Do Carlos Britto

PF indicia primo de ex-ministro Nelson Jobim na Lava Jato

O advogado Atan de Azevedo Barbosa, 77 anos, foi indiciado pela Polícia Federal por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa na Operação Lava Jato. No inquérito, a Federal imputou os mesmos crimes ao ex-gerente executivo da Petrobras Pedro Barusco.

Primo de primeiro grau do ex-ministro Nelson Jobim, que presidiu o Supremo Tribunal Federal (STF) de 2004 a 2006, Barbosa teria funcionado como operador de propinas em favor da Iesa Óleo e Gás junto a Barusco, segundo a PF. Os pagamentos seriam relacionados a contratos obtidos pela IESA, isoladamente ou em consórcio. O advogado foi alvo de mandados de condução coercitiva e de buscas na 9ª fase da Operação Lava Jato, batizada como My Way, em fevereiro de 2015.

Naquela ocasião, Atan acabou passando uma noite na Superintendência da Polícia Federal, no Rio, preso porque os policiais encontraram em sua casa munição sem que tivesse autorização para portá-las. Ele pagou fiança de 25 mil reais e deixou a prisão no dia seguinte.

LEIA TAMBÉM:
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato
Exclusivo: a delação que Janot jogou no lixo

Barbosa é funcionário aposentado da estatal e foi citado em delação premiada como um dos operadores de propina do esquema de corrupção instalado na companhia petrolífera, entre 2004 e 2014. Pedro Barusco afirmou em delação premiada que de outubro de 2008 até 26 de abril de 2013 ele próprio recebeu 29 mil doláres mensais em propina em razão de contratos de uma forma global, fora do modus operandi que envolvia o Partido dos Trabalhadores, Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras e outros.

O despacho de indiciamento relata que Barusco apresentou demonstrativos de transferências bancárias feitas pela Heatherley Business LTD. para a Rhea Comercial INC. entre 2008 e 2012. Em depoimento, em junho deste ano, Atan Barbosa declarou que fez transferências para a conta de Barusco como cortesia.

“Segundo Barusco, tais valores consistiram em vantagem indevida paga por Atan Barbosa, relacionada a contratos da IESA e CBD (Companhia Brasileira de Diques) com a Petrobrás. Por meio dos comprovantes bancários apresentados pelo colaborador Pedro Barusco, é possível contabilizar um total de US$ 1.556.350,00 pagos na conta Rhea Comercial INC. pela conta Heatherley Business. Os pagamentos teriam se iniciado em 20 de junho de 2008 e cessado em 30 de abril de 2013”, registra o documento da PF.

“Os pagamentos de vantagem indevida foram devidamente comprovados a partir da entrega dos documentos bancários apresentados pelo colaborador Barusco. A titularidade da Heatherley Business também resta comprovada a partir da análise de itens apreendidos, bem como pela confissão de Atan Barbosa. Da mesma forma, Atan Barbosa confessou que os pagamentos foram realizados visando a obter a simpatia de Barusco e alguma facilitação por sua parte em procedimentos da Petrobrás.”, acrescentou os investigadores. Procurados, os advogados de Atan Barbosa não se pronunciaram.

(Com Estadão Conteúdo)

Caminhão com carga avaliada em R$ 400 mil roubado no Sertão da BA é recuperado no Agreste de PE

Um caminhão roubado com uma carga avaliada em R$ 400 mil foi recuperado na tarde da terça-feira (20) na BR-423 em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo havia sido roubado em Paulo Afonso, no Sertão da Bahia, e estava carregado com produtos de higiene pessoal.

O motorista do caminhão – um homem de 38 anos – informou à PRF que tinha sido obrigado a conduzir o veículo pelos assaltantes. Ele foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Garanhuns – onde foi ouvido e, em seguida, liberado. O caminhão e a carga foram apreendidos pela PRF e entregues à Polícia Civil. (Do G1 Caruaru)

Violência política no Piauí faz polícia monitorar 10 municípios

O comandante-geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto Gomes de Sousa, disse ao jornal Diário do Povo que já encaminhou oficiais da PM para dez municípios onde foram reportados situações de acirramento eleitoral na campanha deste ano. Segundo ele, as cidades de Paulistana, Fronteiras, Alagoinha, Pedro II, Esperantina, Porto, Miguel Alves, União e Luzilândia vêm sendo monitoradas. E a partir de desta terça-feira (20/09), ele afirmou que será encaminhado um oficial também para São Raimundo Nonato.

“Estamos com problemas em várias cidades de acirramento por causa do pleito eleitoral. A primeira foi Paulistana, depois Fronteiras, Alagoinha, Pedro II, Esperantina, Porto, Miguel Alves e União. Essas cidades regionais eu já mandei alguém para acompanhar. Estou mandando um oficial para São Raimundo Nonato. Em todas essas eu já adiantei o reforço no que diz respeito ao comando, ao oficial”, informou o coronel.

De acordo com ele, os oficiais que estão nessas cidades estão orientados a intensificar o policiamento durante comícios e reuniões abertas e a reportar qualquer situação mais greve. No caso de Luzilândia, por exemplo, município localizado no Norte do estado, onde a disputa eleitoral é historicamente acirrada, Carlos Augusto afirmou que o policiamento será reforçado com mais 20 policiais, além dos 10 que já atuam na cidade.

O comandante explicou, porém, que esses policiais não estão sendo enviados por causa do pleito, mas sim como um reforço programado a pedido do governador Wellington Dias (PT). (Fonte: Jornal Diário do Povo)

Candidato do Prefeito pode ter sua candidatura cassada pelo TRE/PE

Na semana passada sem muito alarde, foi impetrada uma AIJE – Ação de Investigação Judiciária Eleitoral contra o candidato da Coligação “Araripina Merece Novo Destino”.

A ação em tramitação no TRE/PE é fundamentado na proibição de uso de bem público, previsto na Lei n. 9504/97 e na Resolução do TSE n. 23.457/2015.

O bem utilizado pelo suposto infrator Aluízio Coelho, foi o Pátio da Feira do Feijão que pertence à Prefeitura Municipal de Araripina.

No local público foi feito a concentração para uma cavalgada e carreata do candidato, onde fez uso de palavras por meio de alto-falantes para passar sua mensagem aos seus eleitores.

É inegável a utilização do bem pertencente da prefeitura pela Coligação e seu candidato, agora é esperar as medidas a serem adotadas pela justiça eleitoral.

Consultado alguns conceituados advogados, os mesmos afirmaram que a conduta é muito grave e possivelmente na sentença haverá a cassação do registro de candidatura de Aluízio Coelho.

Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato

O juiz Sergio Moro, que conduz a Lava Jato na primeira instância em Curitiba, acolheu nesta terça-feira denúncia apresentada pelos procuradores da República contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tornando-o réu no âmbito da Lava Jato. Moro considerou que existem indícios suficientes para que o petista possa responder pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Lula deixou o posto mais importante da República com 83% de aprovação. Elegeu a sucessora Dilma Rousseff em 2010 em grande medida em decorrência da onda de popularidade que o cercava. Fora do Palácio do Planalto, mantinha a capilaridade política como se ainda fosse o comandante-em-chefe da República. Usava de contatos políticos para viajar em nome de empreiteiras, recolher dinheiro travestido de palestras e usufruir de benesses, como um sítio em Atibaia e a reforma de um tríplex em Guarujá. Hoje, Lula nem de longe ostenta a aura de poder de outrora. A situação do petista ficou ainda mais dramática nesta terça-feira. Sem foro privilegiado, ele terá de se submeter ao crivo da 13ª Vara Federal de Curitiba, de onde Moro toca, com mãos de ferro, os processos sobre o propinoduto na Petrobras — que já resultaram em 106 condenações e em mais de 38 bilhões de reais em pedidos de ressarcimento aos cofres públicos.

LEIA TAMBÉM:
Em 7 frases, quem era Lula, segundo o MP
Defesa de Lula reage à denúncia: ‘Espetáculo de verborragia’
PF encontra recibos de móveis para apartamento em nome de Lula e Marisa

O ex-presidente passa a responder formalmente por mais duas acusações do rosário de suspeitas que pairam contra ele, desta vez pela imputação de ter recebido vantagens indevidas de pelo menos três contratos bilionários da construtora OAS, lavados por meio de uma reforma de luxo em um tríplex no Guarujá. Considerado o “comandante máximo” do petrolão pelo Ministério Público Federal, o ex-presidente derrete a aura da “viva alma mais honesta” que existe e cai na vala comum dos que devem prestar contas à Justiça. Lula já é réu na Justiça Federal do Distrito Federal sob a acusação de obstruir as investigações da Lava Jato.

No despacho, Sergio Moro avalia que há elementos suficientes para aceitar a denúncia, frisando que a admissibilidade não subentende o reconhecimento de responsabilidade criminal.  “Tais ressalvas são oportunas pois não olvida o julgador que, entre os acusados, encontra-se ex-Presidente da República, com o que a propositura da denúncia e o seu recebimento podem dar azo a celeumas de toda a espécie”, disse o magistrado.

“O fato de que grande parte, talvez a maior parte, do faturamento do Grupo OAS decorresse de contratos com a Petrobras, aliado ao comprovado (…) envolvimento do Grupo OAS no esquema criminoso que vitimou a Petrobras, tornam esses mesmos contratos uma provável causa e fonte dos supostos benefícios concedidos pelo Grupo OAS, sem aparente contraprestação financeira, ao ex-presidente, como o apartamento no Guarujá e o custeio do armazenamento dos bens recebidos durante o mandato presidencial, o que, em tese, pode caracterizá-los como vantagem indevida em um crime de corrupção”, afirmou o juiz em sua decisão.

Além de Lula, passam à condição de réus a ex-primeira-dama Marisa Letícia, o amigo do petista e presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto e outras cinco pessoas. Em relação a Marisa, Moro lamentou a inclusão do seu nome no rol de denunciados e ponderou que “há dúvidas relevantes” sobre o seu envolvimento no esquema. “A sua participação específica nos fatos e a sua contribuição para a aparente ocultação do real proprietário do apartamento é suficiente por ora para justificar o recebimento da denúncia também contra ela e sem prejuízo de melhor reflexão no decorrer do processo”, explicou ele.

Agora eles terão de apresentar provas, elencar testemunhas e tentar desmontar a tese de que o petista foi fundador de uma “propinocracia” no país e de que o tríplex foi pago com dinheiro da Petrobras. Assim que a denúncia foi apresentada, na quarta-feira passada, reagiu: “Provem uma corrupção minha que irei a pé para a prisão”.

Segundo as investigadores da Lava Jato, o ex-presidente recebeu, apenas no caso relacionado ao tríplex, benesses de 3,7 milhões de reais “oriundas do caixa geral de propinas da OAS com o PT”. Como ele é alvo de outras apurações no petrolão, incluindo os nebulosos pagamentos por palestras, por meio da L.I.L.S. Palestras, Eventos e Participações, as vantagens indevidas devem ser confirmadas em escala exponencial. Dos cerca de 55 milhões de reais que o Instituto Lula e a L.I.L.S. receberam de empresas, mais de 30 milhões de reais foram repassados diretamente por empreiteiras enroladas com o escândalo na Petrobras. E mais: Lula, que não foi denunciado por organização criminosa pela força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, é alvo de uma investigação sobre o tema em um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF).

Polícia Federal irá investigar os perfis falsos que denigrem a campanha da coligação majoritária “ARARIPINA QUE A GENTE QUER”

O coordenador Jurídico da campanha de Raimundo Pimentel, Dr. Raphael Souto, foi pessoalmente na sede da Polícia Federal na Cidade de Salgueiro Pernambuco, para ver andamento da representação criminal que foi interposta para investigação de perfis falsos na internet que estão denegrido a imagem de Raimundo Pimentel.

Ocorre que, na disputa das eleições municipais de Araripina Pernambuco, vem se tomando uma postura um tanto quanto inaceitável, aonde alguns indivíduos vêm tendo a infeliz atitude de criar vários perfis falsos em redes sociais com o intuito de publicarem postagens difamatórias, injuriosas e caluniosas que denigram a imagem dos candidatos e os seus respectivos aliados da coligação Araripina que a gente quer.

Além disso, as publicações são sempre tendenciosas, ficando nítida a intenção de influenciar um candidato que integra outra coligação que disputa as eleições deste mesmo ano, onde habitualmente são veiculadas propagandas e informações dos eventos de tal candidato.

Ademais, constata-se que as publicações feitas através do Facebook por esses “fakes” são rotineiramente compartilhado por um mesmo grupo de pessoas, que, por sinal, integram a base de aliados do atual gestor da cidade, bem como sua mulher, filhos e irmãos.

Arqueólogos encontram esqueleto humano de 2 mil anos em naufrágio

Arqueólogos descobriram um esqueleto humano de 2 mil anos no mesmo naufrágio no Mediterrâneo de onde saiu a peça mais sofisticada de tecnologia que sobreviveu à Antiguidade – um mecanismo de relógio -, de acordo com um artigo publicado na segunda-feira (19) na revista científica “Nature”.

Se for possível obter o DNA a partir dos restos, encontrados em 31 de agosto perto da costa da ilha grega de Antikythera, este poderá revelar pistas sobre a identidade do esqueleto, segundo o artigo.

Os ossos surpreendentemente bem preservados – incluindo um crânio parcial, dois ossos do braço, várias costelas e dois fêmures – também poderão revelar segredos sobre o famoso navio mercante do século I a.C., que provavelmente naufragou durante uma tempestade.

O governo grego ainda tem que dar permissão para que seja feito o teste de DNA.

O esqueleto é um achado raro. Os corpos das vítimas de naufrágios são normalmente arrastados pelas águas ou comidos pelos peixes, e raramente permanecem conservados por décadas, muito menos séculos.

“Nós não sabemos de nada parecido com isso”, disse à “Nature” Brendan Foley, arqueólogo subaquático na Instituição Oceanográfica Woodshole, em Massachusetts, e codiretor da escavação.

Um primeiro olhar sugere que os restos mortais são de um homem jovem, de acordo com Hannes Schroeder, especialista em análise de DNA antigo do Museu de História Natural da Dinamarca.

“Eles não se parecem com ossos que têm 2 mil anos de idade”, disse à “Nature”.

Schroeder ficou especialmente satisfeito com a recuperação dos ossos petrosos – localizados atrás da orelha -, que tendem a conservar o DNA melhor do que outras partes do esqueleto ou dos dentes.

“Se há algum DNA, então, pelo que sabemos, ele vai estar lá”, disse à “Nature”.

A recuperação do DNA pode revelar a cor do cabelo e dos olhos, bem como a ascendência e a origem geográfica, acrescentou.

Naufrágio foi descoberto em 1900
O naufrágio, que fica a 50 metros de profundidade, foi descoberto por mergulhadores em 1900, e acredita-se que foi o primeiro a ser investigado por arqueólogos.

A principal descoberta foi o chamado Mecanismo de Antikythera, um dispositivo do segundo século antes de Cristo, que é às vezes chamado de o computador mais antigo do mundo.

O dispositivo altamente complexo é composto por cerca de 40 engrenagens de bronze e foi usado pelos gregos antigos para controlar os ciclos do sistema solar.

Levou outros 1.500 anos para que um relógio astronômico de sofisticação semelhante fosse construído na Europa.

O DNA mais antigo já recuperado de restos humanos modernos tem cerca de 45 mil anos de idade. (Do G1/ Foto: Divulgação)

AEDA promove Sarau Cultural no Memorial Histórico de Araripina com apresentação de artistas locais

A Autarquia Educacional do Araripe – AEDA promoveu na noite desta segunda-feira, 19, o I Sarau Cultural e Musical em frente ao Memorial Histórico de Araripina Ceci Alencar com a participação de artistas locais que abrilhantaram a noite e trouxeram alegria para todos que participaram.

Os universitários dos cursos da Faculdade de Formação de Professores de Araripina – FAFOPA, alunos da rede pública estadual de ensino e muitas pessoas que passavam pelo Memorial Histórico assistiram a apresentação do músico e poeta cordelista araripinense, Cacá Lopes – que há 14 anos não se apresentava na cidade. Cacá Lopes atualmente reside em São Paulo, onde desenvolve o projeto Música e Cordel nas Escolas pela Prefeitura de São Paulo.

Em versos de cordéis, música e muitas histórias, o araripinense contou os 30 anos de carreira desde quando iniciou em Araripina até as dificuldades iniciais na capital paulista. Com muita alegria e entusiasmo Cacá Lopes cantou cordéis que abordam o povo sertanejo, a matemática, o estrangeirismo e principalmente sua origem nordestina.
“Agradeço a oportunidade que a AEDA me concedeu de, após 14 anos, me apresentar em minha cidade natal. É uma alegria imensa cantar e tocar para meus conterrâneos, amigos de infância e pessoas que acompanharam o início da minha trajetória. Com muito orgulho levo o nome de Araripina em cada apresentação que faço ao longo destes 30 anos de carreira”, agradeceu Cacá Lopes.

O Sarau Cultural e Musical também teve apresentações do saxofonista Hely Alencar, dos músicos Toninho de Olinda e Elvis, dos poetas Carlos Paixão e Tony Aldair.

A diretora presidente da AEDA, Maria Ramos Muniz, agradeceu ao público e aos artistas que deram um verdadeiro show de cultura e amor à Araripina. Ela destacou o papel do Memorial Histórico de Araripina que além de resgatar a história do município, fomenta a cultura e os valores artísticos da cidade. “Hoje tivemos a felicidade de ver artistas de Araripina se apresentando para os nossos alunos. Um grande público veio prestigiar os talentos musicais e artísticos que através de uma iniciativa simples como esta, valoriza os nomes que fazem parte da nossa história cultural. Esse é o papel do Memorial Histórico”, comemorou.

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????