Justiça decide soltar médico conhecido como doutor Bumbum

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como doutor Bumbum, pode deixar a prisão ainda nesta quarta-feira (30). Ele aguarda apenas a chegada do alvará de soltura ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, para ser solto. Denis estava preso preventivamente desde julho do ano passado, acusado de ser o responsável pela morte da bancária Lilian Calixto, ocorrida no mesmo mês, após a realização de um procedimento estético. O habeas corpus foi concedido por unanimidade, pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal na última terça (29).

Na decisão, os magistrados resolveram substituir a prisão por medidas cautelares como proibição de deixar o Rio de Janeiro sem autorização da Justiça e de sair de casa à noite. O médico também deverá se apresentar periodicamente à Justiça e não poderá manter contato com outros investigados no caso.

Acusações

O doutor Bumbum responde a processo por homicídio doloso duplamente qualificado e associação criminosa. Também são rés no processo a mãe dele, Maria de Fátima Barros Furtado, que também é médica; a secretária Renata Fernandes e a técnica de enfermagem Rosilane Pereira da Silva. De acordo com o Ministério público, Lilian Calixto saiu de Cuiabá para fazer uma bioplastia nos glúteos na capital fluminense. O procedimento foi realizado no apartamento de Denis, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Lilian teve complicações e foi socorrida pelo próprio Denis para um hospital particular também na Barra. Ele a deixou na unidade e foi embora em seguida. Lilian chegou em estado extremamente grave, mas ainda com vida, ao hospital. Ela foi atendida, mas não respondeu às manobras de recuperação e morreu horas depois.

Motoristas podem ter desconto de até 30% no valor do IPVA

O pagamento em cota única e antecipado do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), além da ausência de multas, pode reduzir o valor do tributo em até 30%. Em alguns estados, há também a possibilidade de usar créditos de programas de incentivo à emissão de nota fiscal para abater o valor devido.

O maior desconto oferecido aos donos de carros é o do Amazonas (30%). No Rio Grande do Sul, quem fez o pagamento antecipado do imposto em dezembro, não tem multas nos últimos três anos e acumulou 100 notas fiscais no programa Nota Fiscal Gaúcha conseguiu desconto de 25,48%.

Mas também há estados que não oferecem desconto, nem mesmo para o pagamento à vista, como Roraima e Santa Catarina.

O diretor executivo de Estudos e Pesquisas Econômicas da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, explica que os descontos para pagamento à vista são na verdade a retirada de juros embutidos no parcelamento do imposto, na maioria dos casos.

“Para quem tem o dinheiro para pagar à vista, sempre vale a pena porque o desconto é maior do que o rendimento de poupança ou de um fundo de investimento. Quem não tem o dinheiro é melhor parcelar do que recorrer a empréstimo nos bancos que cobram juros mais altos”, disse.

Além do IPVA, os contribuintes devem ficar atento aos prazos de pagamento do licenciamento e do seguro obrigatório. Caso um dos três não seja pago, o contribuinte pode ter que pagar multa por atraso e até mesmo ter o carro apreendido.

Veja como é o pagamento do IPVA em cada estado:

Acre

Pagamento em conta única tem desconto de 10%. Valor sem desconto pode ser dividido em três vezes. Os contribuintes começam a pagar este mês, de acordo com o final da placa.

Alagoas

Pagamento do IPVA começa no dia 1º de fevereiro, com desconto de 10% para quem optar pela cota única. Outra opção, sem o desconto, é dividir em seis vezes.

Amapá

Os contribuintes conseguem desconto de 20% no pagamento à vista ou parcelam em seis vezes. O período de pagamento começa em março e vai até agosto.

Amazonas

Os contribuintes do Amazonas que optarem por pagar o valor integral do imposto até 31 de janeiro têm 10% de desconto. Também é possível parcelar em três vezes, com desconto de 10% na primeira parcela, 5% na segunda e o valor integral na última, sem abatimento.

Além desses descontos, no Amazonas tem a Lei do Bom Condutor. Desde 2014, os motoristas que não foram multados nos últimos três anos podem pedir desconto de 20%. Quem não tiver registro de infrações de trânsito nos últimos dois anos, tem desconto de 15%, e no caso de nenhuma multa em 2018, 10% de abatimento.

Assim, quem pagar o imposto à vista e não tiver multas nos últimos três anos, pode conseguir desconto de 30% no valor do IPVA.

Bahia

Os proprietários têm até o dia 8 de fevereiro para ter desconto de 10% no IPVA para o pagamento em cota única. Existe ainda a opção de pagamento com 5% de desconto em cota única ou parcelamento em três vezes, sem abatimento.

Ceará

O desconto é de 5% para pagamento à vista, até o dia 31 de janeiro. O pagamento em cota única também pode ser feito até o dia 8 de fevereiro, mas sem o desconto. Outra opção, é dividir em cinco parcelas mensais.

No estado, donos de motos de até 125 cilindradas têm redução de 50% no valor do imposto, se não existir infração de trânsito em 2018.

Distrito Federal

O valor pode ser pago em cota única com desconto de 5% ou parcelado em até quatro vezes. Segundo calendário de pagamento, definido de acordo com o número final da placa do veículo, os primeiros vencimentos serão em 18 de fevereiro. Os contribuintes também podem usar créditos do programa Nota Legal, criado em 2008 para estimular o consumidor a exigir o documento fiscal nas compras de mercadorias e serviços. A cada compra, o contribuinte junta créditos que podem ser usados para abatimento do IPVA e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou pedir o valor em dinheiro.

Espírito Santo

Os contribuintes que efetuarem o pagamento em cota única até a data do vencimento terão 5% de desconto. O pagamento começa em abril de 2019, seja qual for o final da placa e vai até julho. O parcelamento, sem desconto, pode ser em até quatro vezes.

Goiás

O IPVA pode ser pago em três parcelas, de janeiro a novembro, dependendo do final da placa do veículo, ou em cota única. Em Goiás, os descontos são para os contribuintes participantes do Programa Nota Fiscal Goiana. Segundo a secretaria estadual de Fazenda, neste ano, 408,3 mil pessoas alcançaram descontos entre 5% e 10% no IPVA para 2019, a partir da pontuação no programa. Para o cálculo do abatimento no imposto, foram consideradas as notas fiscais emitidas de 1° de outubro de 2017 a 31 de outubro de 2018.

Maranhão

O pagamento do imposto pode ser feito em cota única, com desconto de 10% até o dia 28 de fevereiro, ou parcelado em até três vezes.

Mato Grosso

É concedido desconto de 5% para os valores quitados até o dia 10 do mês de vencimento do imposto e de 3% nos casos em que o IPVA for pago entre os dias 10 e 20 do mês de vencimento. Os descontos são apenas para os pagamentos à vista. Após o dia 20 e até o último dia útil do mês do vencimento não há desconto. Os pagamentos após essas datas terão acréscimo de juros e multa. Além do pagamento à vista, é possível parcelar o IPVA em até três vezes.

O calendário do IPVA 2019 em Mato Grosso começou em janeiro. As datas de vencimento do imposto foram estabelecidas de acordo com o número final da placa do veículo, de janeiro a junho.

Mato Grosso do Sul

O desconto, de 15%, é para a parcela única paga até o próximo dia 31. Se preferir, o contribuinte pode parcelar em até cinco vezes, deste mês até maio.

Minas Gerais

Os mineiros têm abatimento de 5% para o pagamento da cota única. Além desse desconto, entrou em vigor neste ano o Programa de Incentivo à Regularidade do Recolhimento do IPVA. Por este programa, os proprietários de veículo que pagaram todos os débitos (como IPVA, Taxa de Licenciamento, DPVAT e eventuais multas) em dia durante dois exercícios consecutivos têm direito ao desconto extra e automático de 3%.

Pará

Quem paga à vista e não tem multas de trânsito há dois anos, ganha 15% de desconto sobre o valor do IPVA. O desconto fica em 10% para os motoristas que não receberam multas no ano passado e 5% de desconto nas demais situações. O pagamento começou neste mês e é possível parcelar em até três vezes, sem desconto.

Paraíba

O desconto para a cota única é 10%, e o parcelamento pode ser em até três vezes. Há ainda a opção do pagamento total ao final do terceiro mês, sem desconto. A data limite de vencimento será o último dia útil de cada mês no período de janeiro a outubro para quem optar pelo pagamento da cota única à vista ou pelo parcelamento.

Paraná

O desconto de 3% é para quem pagar à vista ainda neste mês. Os donos de carros que optarem pelo parcelamento pagam em três vezes.

Pernambuco

O desconto de 7% é oferecido aos contribuintes que pagam a cota única em fevereiro. No estado, também é possível parcelar em três vezes.

Piauí

Os contribuintes que optam pelo pagamento em cota única têm desconto de 15%. O pagamento também pode ser feito em três vezes, sem desconto. As datas de vencimento variam conforme a placa, começando neste mês, até outubro.

 

Rio de Janeiro

 

O IPVA pode ser pago em cota única, com desconto de 3%, ou a quantia integral, sem o desconto, dividida em três vezes. O pagamento começa este mês e vai até abril, a depender do final da placa do carro.

 

Rio Grande do Norte

 

O pagamento do IPVA em cota única tem desconto de 5%. Outra opção é parcelar em 5 vezes, sem nenhum abatimento.

 

Rio Grande do Sul

 

A busca por descontos no IPVA começou ainda em 2018. Quem fez o pagamento antecipado do imposto até o dia 28 de dezembro teve um desconto de 3% e contou com o valor da Unidade de Padrão Fiscal (indexador que corrige tributos) antes da atualização da virada do ano. Segundo o governo estadual, no total, o motorista pode conseguir até 25,48% em descontos.

 

Para alcançar o desconto máximo, o contribuinte precisava atender aos critérios de dois programas: Bom Motorista e Bom Cidadão, além de antecipar o pagamento. Os condutores que não receberam multas nos últimos três anos têm dedução de 15%. Para quem não foi multado há dois anos, o índice é 10%, e para quem ficou um ano sem infrações, o abatimento é de 5%. O desconto do Bom Cidadão, por sua vez, dá aos proprietários de veículos que acumularam 100 notas fiscais no programa Nota Fiscal Gaúcha mais 5% de desconto.

Para os proprietários que não optarem pela quitação antecipada, o pagamento do imposto ocorre até março com descontos no parcelamento. Nesse caso, o proprietário do veículo precisa pagar a primeira parcela até 31 de janeiro. As duas subsequentes serão em fevereiro, até o dia 28, e março, até o dia 29. Os descontos são de 3% para a primeira parcela, 2% para a segunda e 1% para a terceira.

Rondônia

 

Há desconto de 10% para os contribuintes que recolherem o imposto antecipadamente. Um mês depois do prazo de antecipação, esse desconto cai para 5% e após dois meses, o contribuinte perde o desconto. Não há parcelamento. O prazo para o pagamento começou neste mês e vai até outubro, de acordo com o final da placa do veículo.

 

Roraima

 

Em Roraima, não há a opção de pagamento com desconto. O contribuinte pode optar por pagar em três vezes. O pagamento começa este mês, a depender do final da placa, para quem optou pelo parcelamento. Por exemplo, carro com final de placa 1, paga a primeira parcela no dia 31 deste mês ou a cota única, em 29 de março. O pagamento vai até agosto.

 

Santa Catarina

 

Em Santa Catarina, também não há desconto ou programa de incentivo. A Secretaria de Estado da Fazenda argumentou que, em 2019, os catarinenses estão pagando 3,2% a menos de IPVA do que no ano passado. O índice representa a desvalorização dos veículos em relação a 2018 de acordo com a tabela Fundação Instituto de Pesquisas Econômica (Fipe), usada como base de cálculo. O imposto começa a ser pago este mês, a depender do final da placa e vai até outubro. Uma opção é parcelar em três vezes.

 

São Paulo

 

Em São Paulo, os contribuintes podem pagar o IPVA 2019 em cota única no mês de janeiro, com desconto de 3%, ou parcelar o tributo em três vezes, de acordo com o final da placa do veículo (iniciando o primeiro pagamento em janeiro e as outras duas parcelas, nos meses de fevereiro e março). Também é possível quitar o imposto no mês de fevereiro de maneira integral, sem desconto.

 

O estado tem um programa de incentivo à emissão de nota fiscal, sendo que os contribuintes podem usar os créditos para abater o IPVA. O Programa Nota Fiscal Paulista devolve até 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que pode ser usado no abatimento do imposto ou transferido para a conta do contribuinte.

Sergipe

 

O desconto é de 10% para veículo com qualquer terminação de placa, desde que o pagamento seja feito integralmente até 28 de fevereiro de 2019 e não haja débito do imposto relativo a anos anteriores. Não há parcelamento e a cota única é paga, sem desconto, entre março a novembro, a depender do final da placa.

 

Tocantins

 

Quem pagou o imposto até o dia 15 deste mês teve desconto de 10%. Os contribuintes que optaram por dividir perdem o desconto e pagam em 10 vezes (parcela mínima de R$ 200/mês), até outubro. Também é possível pagar em parcela única, sem desconto, em outubro. (Via: Agência Brasil)

Lei determina que sejam preferenciais todos os assentos de veículos de transporte entre municípios em PE

Uma lei determina que, em Pernambuco, todos os assentos dos veículos de transporte coletivo rodoviário intermunicipal sejam preferenciais. Sancionada pelo governador Paulo Câmara (PSB), a lei foi publicada no Diário Oficial do Poder Legislativo desta quinta-feira (10).

De acordo com a Lei nº 16528, têm prioridade a todos os assentos dos ônibus intermunicipais idosos com idade a partir de 60 anos, mulheres grávidas, passageiros com crianças de colo e pessoas com necessidades especiais ou mobilidade reduzida.

O projeto que originou a lei é de autoria do deputado Humberto Cavalcanti (PTB). Apesar da mudança, a configuração dos assentos prioritários presentes nos veículos deve ser mantida, sem haver necessidade de estender os símbolos de identificação para os outros assentos.

Também fica determinado que as empresas devem fixar nos veículos um informativo sobre a medida. A lei entra em vigor após 90 dias da publicação.

Por meio de nota, a Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), que gerencia o Sistema de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros, afirmou que “irá notificar as empresas do sistema regular de transporte coletivo intermunicipal acerca do cumprimento da nova lei”.

Ainda no texto, a EPTI disse que “entende que a nova medida irá ampliar as prioridades vigentes” na instrução normativa 004/2018, de 28 de agosto, que foi editada pela empresa “na intenção de acompanhar diretrizes de leis federal e estadual”.

G1/Foto:Reprodução

Águas do São Francisco chegam ao Ceará em fevereiro, diz ministro

Após ser adiada várias vezes, a nova data para a chegada das águas do São Francisco ao Ceará é em fevereiro, conforme o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade. “Estamos no estágio de 97% (de avanço físico), faltando apenas alguns detalhes, mas o caminho das águas está pronto. Nos próximos dias, estaremos liberando a água para o Ceará”, afirmou o ministro.

O governador do Ceará, Camilo Santana, ressaltou que a estrutura do Cinturão das Águas estará pronta para receber o recurso hídrico do “Velho Chico”. “É a maior obra do século. A maior obra hídrica do Brasil e não tenho dúvida que vai mudar o perfil econômico do nosso Estado e da região Nordeste”, disse.

A terceira e última estação de bombeamento (EBI-3) será acionada para encher a barragem de Negreiros, em Salgueiro (PE), no próximo mês de dezembro. Em seguida, as águas do São Francisco devem chegar ao Ceará, por gravidade, até o primeiro trimestre de 2019. A equipe técnica do Ministério da Integração acredita que a água atingirá o volume necessário em fevereiro.

A visita se estendeu até a barragem de Jati, no Ceará, onde as obras estão prontas. Antes disso, o recurso hídrico deve cruzar o Túnel Milagres, entre os municípios de Verdejante (PE) e Penaforte (CE).

Atrasos

Atualmente, o Eixo Norte tem 97% das obras concluídas, mas já sofreu quatro adiamentos de entrega. O último atraso se deu pela reparação do vazamento que aconteceu no dique da barragem de Negreiros, em Salgueiro (PE), detectado no último dia 16 de agosto. Na época, 35 famílias que vivem na Vila Produtiva Rural de Negreiros tiveram que ser retiradas de suas casas por segurança.

Após três meses do incidente, a Pasta admitiu que isso prejudicaria o cronograma da obra. A expectativa era que até o fim deste ano as águas chegassem no Ceará. Cinco dias antes, também houve um rompimento no canal, mas o Ministério da Integração afirmou que foi uma ação criminosa.

Segundo o Ministério da Integração, os trabalhos no dique Negreiros foram intensificados. Os reparos em curso incluem injeções de cimento e argamassa na estrutura, melhor solução encontrada partir de estudos feitos por um corpo técnico de engenheiros especialistas em barragens. A estrutura foi construída entre os anos de 2013 e 2015.

Roteiro da água

Após concluído o Eixo Norte, a água do “Velho Chico” será distribuída pelo solo cearense a partir de Jati, quando encontrará o Cinturão das Águas do Ceará (CAC), obra estadual, e seguirá pelo chamado “trecho emergencial”, que possui 53 km.

De lá, deve percorrer canais, túneis e sifões até o Riacho Seco, em Missão Velha, seguindo por gravidade, em 13 km, até o Rio Salgado, desaguando no Jaguaribe, que abastece o Açude Castanhão. A expectativa é que jorre cerca 12 metros cúbicos por segundo do recurso hídrico.

Fonte:  G1 CE

Capa da ISTOÉ traz Moro acusando Lula de ser o mentor do esquema criminoso na Petrobras

O juiz federal e futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, acusou o ex-presidente Lula de ser o mentor do esquema criminoso na Petrobras e informou que “o tríplex é a ponta do iceberg”. A declaração está na capa da revista ISTOÉ de ontem (15), espalhada por todo o Brasil.

Moro foi entrevistado pela primeira vez por um veículo impresso desde que aceitou o convite para fazer parte do governo Bolsonaro. Na matéria, ele fala sobre a suposta perseguição política ao ex-presidente petista, os planos para o Ministério da Justiça, os processos da Lava-Jato, atuação de policiais, corrupção e uma possível candidatura à Presidência da República, entre outros temas.

Cão farejador da polícia ajuda a encontrar droga dentro de van, em Petrolina

Na manhã do último sábado (10), a polícia encontrou aproximadamente 7kg de maconha dentro de uma van, na BR-428, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, próximo ao Residencial Vivendas. O veículo tinha saído do município de Orocó. A droga foi encontrada com o auxílio de um cão farejador.

Durante abordagem ao veículo, realizada por policiais militares e civis, o cachorro sinalizou que havia drogas dentro de uma caixa de papelão. Após averiguação, os policiais encontraram 10 tabletes de maconha. A droga pertencia a Ricardo do Amaral Barbosa, que foi preso em flagrante.

 

Fonte: G1 Petrolina

“Faço politica com seriedade” diz Evilasio Mateus

“Faço politica com seriedade para mudar a vida das pessoas para melhor”, foi assim que se expressou na manhã desta quarta-feira (31), na Radio Arari FM, o presidente da Câmara de Vereadores de Araripina, Evilasio Mateus (PSL), ao justificar seu voto no candidato reeleito a deputado federal, Fernando Filho, do Democratas.

“Faço politica prá ter a oportunidade de mudar a vida das pessoas para melhor. Eu voto num deputado para conseguir poços artesianos com até 300 metros de profundidade. Faço politica para conseguir quadras poliesportiva, calçamento, asfalto, ambulâncias, apoio para as associações de mandiocultura e etc. Então, eu faço politica em troca de trabalho. Eu votei em Fernando Filho, porque sei, que dele, posso cobrar trabalho em prol da nossa região, como ele já mostrou e vem mostrando”, disse.

Sobre as críticas que recebe por não ter votado em um candidato da terra, Evilásio Mateus explicou que está pronto para que na hora que Araripina tiver um candidato com reais chances de chegar à Câmara Federal, como aconteceu com o empresário Valdeir Batista em 1998, ele disse que está pronto para ajudar. “Vou estar junto batendo na porta dos araripinenses e pedindo voto. Mas se o cidadão, só porque é de Araripina e diz que quer ser candidato a deputado federal mas não reúne condições de se eleger, como ele vai me convencer a pedir votos prá ele ? “, indagou.

Evilásio disse ainda, que os votos que os candidatos da terra obtiveram nesta eleição de 2018, serviram apenas para completar votações de candidatos de fora. “O eleitor votou num candidato daqui e elegeu um de fora. Qual a força que a gente vai ter agora pra procurar esse deputado, que se serviu dos votos de Araripina apenas para atingir o coeficiente eleitoral ?” Frisou.

Por Roberto Gonçalves/Foto: Reprodução

Prefeitos do Agreste e do Sertão vão a Senado e têm apoio garantido por Fernando Bezerra

Brasília, 31/10/18 – Cinco prefeitos do Agreste e do Sertão pernambucanos foram recebidos nesta manhã (31), em Brasília, pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Durante as audiências, no gabinete do Senado, Erivaldo Oliveira (PSD), Tiago Nunes (MDB), Joãozinho Tenório (PSDB), Edson Vieira (PSDB) e Hilário da Silva (PSD) receberam o apoio do senador em ações que vão beneficiar os municípios de Serrita, Agrestina, São Joaquim do Monte, Santa Cruz do Capibaribe e Brejo da Madre de Deus, respectivamente.

Além da intermediação de Fernando Bezerra junto a diferentes órgãos do governo federal para dar mais celeridade a ações e programas executados nestas cidades, os prefeitos solicitaram a atuação do senador na liberação de recursos previstos em emendas parlamentares. As principais demandas dos gestores foram nas áreas de saúde, educação e infraestrutura urbana e hídrica. “Estaremos sempre à disposição para ajudarmos os prefeitos a garantirem mais qualidade de vida, emprego e dignidade aos pernambucanos”, destaca Fernando Bezerra Coelho.

Assessoria de Imprensa/Foto: Reprodução

Deputada Roberta Arraes vota a favor de extinção da delegacia de combate a corrupção em Pernambuco

Um projeto bastante polêmico foi aprovado ontem terça-feira(30), na Alepe – Assembleia Legislativa de Pernambuco. o Projeto de Lei nº 2066/2018, de autoria do Poder Executivo, que prevê a criação, na Polícia Civil, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco). Pela manhã, a Comissão de Justiça rejeitou duas emendas à proposta apresentadas pela deputada Priscila Krause (DEM). As sugestões pretendiam preservar, na estrutura do novo órgão, as delegacias de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) e de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Deprim).

Entenda como funciona o projeto>>>

Das duas deputadas estaduais que representam a região do Araripe, deputada Socorro Pimentel (PTB) e deputada Roberta Arraes (PP), só uma foi contra a extinção da delegacia de combate a corrupção no estado de Pernambuco, que foi a deputada Socorro Pimentel. Já a deputada Roberta Arraes votou a favor do projeto para acabar com a delegacia de crimes contra a corrupção em setores públicos.

A deputada Socorro Pimentel (PTB) pediu a permanência dos trabalhos da Decasp. “Deixem a Decasp trabalhar e continuar a fazer o seu serviço de forma eficiente!”, exigiu. Ela falou que em uma das emendas que não foram aprovadas, sugeria a manutenção da decasp na nova estrutura.

Veja os deputados que votaram para a aprovação do projeto:

🔴Adalto Santos (PSB)

🔴Alberto Feitosa (SD)

🔴Aluísio Lessa (PSB)

🔴André Ferreira (PSC)

🔴Augusto César (PTB)

🔴Beto Accioly (PP)

🔴Bispo Ossesio Silva (PRB)

🔴Claudiano Martins Filho (PP)

🔴Clodoaldo Magalhães (PSB)

🔴Diogo Moraes (PSB)

🔴Dr. Valdi (PP)

🔴Eduíno Brito (PP)

🔴Eriberto Medeiros (PP)

🔴Everaldo Cabral (PP)

🔴Francismar Pontes (PSB)

🔴Henrique Queiroz (PR)

🔴Isaltino Nascimento (PSB)

🔴Jadeval de Lima (PMN)

🔴João Eudes (PP)

🔴Joaquim Lira (PSD)

🔴Joel da Harpa (PP)

🔴José Humberto Cavalcanti (PTB)

🔴Júlio Cavalcanti (PTB)

🔴Laura Gomes (PSB)

🔴Lucas Ramos (PSB)

🔴Marcantônio Dourado (PSB)

🔴Nilton Mota (PSB)

🔴Odacy Amorim (PT)

🔴Pastor Cleiton Collins (PP)

🔴Paulinho Tomé (PRP)

🔴Pedro Serafim Neto (PSDC)

🔴Ricardo Costa (PP)

🔴Roberta Arraes (PP) – Deputada que representa a região do Araripe

🔴Rodrigo Novaes (PSD)

🔴Rogério Leão (PR)

🔴Romário Dias (PSD)

🔴Sérgio Leite (PSC)

🔴Simone Santana (PSB)

🔴Teresa Leitão (PT)

🔴Tony Gel (MDB)

🔴Vinícius Labanca (PP)

🔴Waldemar Borges (PSB)

🔴Zé Maurício (PP)

DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA:

🔵Priscila Krause (DEM)

🔵Socorro Pimentel (PTB) – Deputada que representa a região do Araripe

🔵Antônio Moraes (PP)

🔵Edilson Silva (PSOL)

AF News/Damião Sousa/Foto: Reprodução

Ciro se diz traído por Lula

Ciro Gomes diz ter sido “miseravelmente traído” por Lula e reafirma que não deu apoio a Fernando Haddad no segundo turno porque não quer mais fazer campanha com o PT. Em entrevista à Folha, a primeira desde a eleição de Jair Bolsonaro, o ex-candidato do PDT confirma informação de bastidores da campanha: foi convidado a ser vice de Lula quando o PT ainda encenava a candidatura do ex-presidente preso.

“O lulopetismo virou um caudilhismo corrupto e corruptor que criou uma força antagônica que é a maior força política no Brasil hoje. E o Bolsonaro estava no lugar certo, na hora certa. Só o petismo fanático vai chamar os 60% do povo brasileiro de fascista. Eu não, de forma nenhuma”, declarou, num entrevista toda ela dedicada a bater no PT – mais que em Jair Bolsonaro.