Após polêmica, Bolsonaro negocia migrar para novo partido político

Em uma semana, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro e também dos seus filhos, entrou em crise ética e politica, com escândalos de candidatos laranjas e divergências entre a família Bolsonaro e o presidente do partido, que gerou até demissões em cargos importantes dentro do governo. Por esses problemas, o presidente negocia migrar para um novo partido, que está em fase final de criação. Trata-se da reedição da antiga UDN (União Democrática Nacional).

Segundo fontes, a Nova UDN já conversou com Flávio Bolsonaro, senador pelo Rio de Janeiro, e  eleito com 1,8 milhão de votos.


Redação do AF Newss/Rômulo/Foto: Divulgação. 

Ministério Público recomenda que Trindade regularize o repasse da previdência aos servidores

Nesta segunda-feira (18), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), recomendou ao prefeito de Trindade, Everton Costa, e ao gerente administrativo da Fundação Municipal de Aposentadorias e Pensões (Fumap), que regularizem o repasse da previdência aos servidores do município.

Segundo o MPPE, um relatório preliminar realizado pelos auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) identificou que o município vem efetuando repasses a menores das contribuições patronais daquelas descontadas do pessoal civil (ativo e inativo) e dos pensionistas.

Referida conduta gerou aumento do montante devido ao RPPS, que compromete e fragiliza o funcionamento da entidade no futuro, ocasionando impontualidade no pagamento dos segurados, além de ocasionar despesas evitáveis com encargos decorrentes da impontualidade no recolhimento das contribuições previdenciárias”, falou a promotora responsável pelo caso.


Redação do AF Newss/Rômulo/Foto: Reprodução.

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta-feira (20)

Na quarta-feira (20), o Governo Bolsonaro enviará a nova proposta previdenciária que passará pelo Congresso e se for aprovada, posteriormente ao Senado.  A proposta de emenda à Constituição (PEC), possui pontos polêmicos como a idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, com um cronograma de transição de 12 anos para quem está próximo dessas idades.

Apenas na quarta-feira será revelados os pontos que ainda não foram mostrados e falados a população, como uma possível alteração de 13ª salário e férias.


Redação do AF Newss/Rômulo/Foto: Reprodução.

Gustavo Bebianno será o primeiro ministro de governo demitido por Bolsonaro

Gustavo Bebianno, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, foi o primeiro ministro que não resistiu a crise do governo Bolsonaro. A demissão do ex-ministro será oficializada no Diário Oficial da União que sai na próxima segunda-feira (18).

A situação de Bebianno se complicou após o ministro ter afirmado em entrevista ao jornal O Globo que teria conversado com Bolsonaro por três vezes quando o presidente ainda estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O filho de Bolsonaro, porém, chamou o ministro de mentiroso, em uma publicação no Twitter.

Este era o início de uma crise, que se agravou ainda mais quando o chefe do Executivo retuitou a mensagem publicada filho, na quarta-feira. A conversa entre ambos foi curta o bastante para o chefe do Executivo dizer que não conversaria por questões do quadro clínico.


Redação Rômulo Barros/ AF Newss/Diário de Pernambuco.

Previdência: idade mínima passa a ser de 62 anos para mulheres e 65 para homens

“Hoje o presidente diante das informações que recebeu tomou a decisão final. O texto está pronto”, disse o secretário geral do governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, sobre o texto da reforma da previdência que teve sua conclusão na última quinta-feira (14). Agora, a idade mínima de aposentadoria é de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres ao final de um período de transição de 12 anos.

O texto será enviado ao Congresso na próxima quarta-feira, dia 20. Por se tratar de proposta de emenda à Constituição (PEC), a reforma precisa do apoio mínimo de três quintos dos deputados (308 dos 513) para ser aprovada e enviada ao Senado.


Redação do AF Newss/Rômulo/Dados e foto: G1.

Projeto anticrime deve ser entregue ao Congresso na semana que vem, diz Moro

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse nesta quinta-feira (14) que o projeto de lei anticrime deverá ser entregue ao Congresso “provavelmente na semana que vem”.

A proposta, que já teve uma versão inicial apresentada a governadores e parlamentares, tem como objetivo endurecer o combate a corrupção, crime organizado e crimes violentos. Moro acatou algumas sugestões e fez mudanças no texto.

O ministro explicou que ainda não apresentou o projeto definitivo ao Congresso porque aguardava a alta médica do presidente Jair Bolsonaro, que deixou o hospital na quarta-feira (13).

“O projeto deve ser apresentado provavelmente semana que vem. Estávamos esperando o restabelecimento do presidente [Bolsonaro]. Antecipamos a publicidade. Isso foi salutar. Recebemos diversas sugestões. Isso leva a possibilidade de aprimorar o projeto”, disse Moro, em evento com juízes federais para apresentar pontos do projeto.

Reprodução: G1.

Previdência: proposta prevê idade mínima de 57 anos para mulheres e 62 para homens

O texto produzido pela equipe do Ministério da Economia, coordenada por Paulo Guedes, incluiu no texto da previdência a idade mínima para se aposentar na nova reforma: 57 anos para mulheres e 62 anos para homens, entrando em vigor apenas em 2022.

Segundo um dos formuladores da reforma, esse limite de idade constaria da regra de transição, que poderá ser de 10, 15 ou 20 anos. Ou seja, ao final do mandato de Bolsonaro, mulheres poderiam se aposentar aos 57 anos e homens, aos 62. Mas a regra teria sequência após 2022.


Redação do AF Newss/Rômulo/G1/Foto: G1.

Projeto de deputado pernambucano prevê que mulheres possam usar spray de pimenta e armas de choque

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) apresentou um projeto de lei que mulheres possam adquirir spray de pimenta e armas de eletrochoque. Segundo o texto, o porte dos equipamentos é destinado somente a maiores de 18 anos, para “proteção pessoal”.

Segundo a proposta, é responsabilidade do governo a emissão da autorização para o comércio de spray de pimenta e armas para os estabelecimentos interessados.

“Os estabelecimentos responsáveis pela comercialização de spray de pimenta e de armas de incapacitação neuromuscular (armas de eletrochoque) deverão manter, pelo prazo mínimo de 60 (sessenta) meses, banco de dados com o registro cadastral das adquirentes, que será encaminhado à Polícia Civil do respectivo Estado federado”, propõe.


Redação do AF Newss/Rômulo/Foto: Folha PE.

Roberta Arraes assume a vice-presidência da Comissão dos Direitos da Mulher

Na tarde da segunda-feira (11), ocorreu na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a instalação da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, formada pela primeira vez, por todas as deputadas mulheres da Casa Legislativa.

Por votação das parlamentares presentes na reunião de abertura, a deputada Gleide Ângelo assumiu a presidência do colegiado e a deputada Roberta Arraes, a vice-presidência.


Reprodução: Edmar Lyra.

Alexandre Frota nomeia seu próprio personal como secretário parlamentar

O ex-ator e agora deputado federal, Alexandre Frota (PSL-SP), nomeou esta semana seu personal trainer como secretário parlamentar de seu gabinete na Câmara em Brasília. Jean Carlos Pereira Nunes é amigo pessoal de Frota e também padrinho de casamento da sua esposa atual.

Jean trabalhava numa academia em Cotia, Grande São Paulo, e tinha mais de 20 mil seguidores nas redes sociais, logo que a carta admissional foi publicada, ele deletou algumas das suas redes sociais. “Mudei de carreira agora. Eu sou assessor parlamentar”, anunciou o preparador físico.

O cargo de secretário parlamentar recebe um salário de R$ 6.636.


Redação do AF Newss/Rômulo/Foto: Arquivo pessoal.