Deputada Socorro Pimentel cobra regularização do pagamento dos pipeiros ao Governo do Estado

Ontem terça-feira, 21, a deputada Socorro Pimentel esteve no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), reunida com o presidente, Gabriel Maciel, para oficializar o pedido de informação sobre a situação em que se encontram os pipeiros que prestam serviços no Sertão Central e no Araripe.
Em alguns casos, os salários atrasados dos prestadores de serviço chegam até 17 meses.
De acordo com a parlamentar, que esteve reunida com os pipeiros em fevereiro, o Governo do Estado não tem cumprido com os prazos estabelecidos e tem negligenciado a situação caótica que os municípios têm enfrentado.
“Segundo informações que recebi no IPA, o Governador mais uma vez prometeu que a dívida, que se arrasta desde 2014, será paga até junho deste ano. Medidas urgentes precisam ser tomadas a fim de evitar que os municípios fiquem sem água, essa deve ser uma prioridade”, disse.
A deputada ainda ressaltou que a população tem sofrido com a irresponsabilidade do Poder Executivo.
“A situação do povo sertanejo é grave.  As pessoas chegam a pagar até 250 reais por um carro-pipa por semana para ter o mínimo de água para sobreviver, quando a obrigação é do Governo De Pernambuco”.
(Da assessoria de comunicação/Foto:Divulgação)

Conselheiro tutelar é preso suspeito de estuprar estudante no interior de PE

Um professor e conselheiro tutelar de 42 anos foi preso nesta terça-feira (21) na cidade de Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, devido a um mandado de prisão preventiva expedido na segunda (20) pela Comarca do município. Marcos Antônio Raulinho da Silva, mantinha relações sexuais com uma adolescente de 15 anos, e em troca, dava roupas, perfumes e R$150,00 para a vítima, de acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso, Paulo Gustavo.

De acordo com as investigações, o homem é suspeito de manter relações sexuais com o jovem desde junho de 2015, quando ele tinha 13 anos. O caso foi descoberto por um professor da escola do adolescente, que escutou uma conversa do jovem com o irmão e avisou aos pais da vítima do crime. Em seguida, a delegacia do município foi acionada.

Apesar de o conselheiro tutelar negar ter mantido relações sexuais com o jovem, a polícia explicou que, através de depoimento, a vítima contou que ia à casa do homem pelo menos duas vezes por semana e chegava a ganhar mais de R$ 1 mil por mês. Ainda de acordo com a polícia, o conselheiro tutelar chegou a ameaçar os pais do adolescente e outras três testemunhas do inquérito.

O homem preso será encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. (Fonte: TV Jornal)

Se um ‘casal’ pudesse ver o que acompanha eles durante o ato de adultério, teria essa reação… Ou pior

O principal prato que o diabo usa para destruir uma família é a traição conjugal, mas ele não é bobo, antes ele sonda a postura do marido e da esposa um para com o outro, ele estuda calmamente qual é a isca mais certeira para atrair sem erro a sua presa, ele começa gerando brigas e o afastamento íntimo dos cônjuges, depois ele cria situações em que o convívio se torna do difícil ao insuportável, cria uma nuvem de opressão e intriga onde a esposa perde a admiração pelo marido e este fica indiferente as suas responsabilidades.

Quando este cenário está montado, o grande autor das mentiras encaminha seus manjares em forma de mulheres atraentes e homens atenciosos, na verdade essas peças são ilusórias, o que os torna interessante é a carência por não se ter no casamento o que o parceiro deveria proporcionar, então se inicia o processo de destruição da família.

Tudo é uma grande ilusão, todos temos problemas, a vida de ninguém é perfeita, o mais importante é saber que o diabo usa as armas que ele tem nas mãos, e ele investe no casal esperando quem vai cair primeiro.

Um casamento é uma decisão muito séria, pessoas não são descartáveis, passa-tempo ou escape de problemas. Basta uma pequena brecha para que o diabo cause um rombo na sua vida. Se você sente desejo de trair, a culpa não é do diabo, é sua, ele apenas usou aquilo que você deu pra ele e mexeu com o desejo que você já guardava dentro de si.
É um desvio de caráter, todos nós estamos passiveis de passar por isso, a diferença está no que cada um vai fazer com a situação.

Um espírito enfraquecido não tem forças para lutar com a carne cheia de vontades e uma mente encoberta com mentiras que satanás lançou. Tudo que você precisa para ser feliz, está na sua casa, não se engane. Sujeita-se a Deus e o diabo fugirá de você. Leia (Jó 24:15; Provérbios 30:20), (Levítico 18:20, 22, 29), Mateus 5:27, 28;, e Lucas 18:18-20.

Prefeitura de Araripina inicia trabalho de organização das feiras livres

A Prefeitura de Araripina, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Secretaria Executiva de Arrecadação e Fiscalização, iniciou nesse fim de semana o projeto para revitalizar e organizar os espaços das feiras livres do município. A medida vai ajudar na movimentação dos pedestres – deixando as calçadas livres – e proibindo a circulação de veículos automotores, trazendo mais segurança para os comerciantes e consumidores.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Hermes Alves, cerca de 704 feirantes e ambulantes já foram cadastrados pela prefeitura. “No momento, estamos na fase de otimização dos espaços ocupados, identificando e numerando cada um. Em seguida, vamos dar orientações para a venda de alimentos e firmar parcerias com outras entidades para fortalecer ainda mais o comércio ambulante do nosso município”, concluiu.

 Da Assessoria de Comunicação / Foto: divulgação

Previdência: Reforma excluirá servidores de Estados e municípios

Os únicos servidores públicos afetadas pela proposta de reforma da Previdência serão os servidores federais. O presidente Michel Temer anunciou ao lado de líderes no Congresso que servidores de Estados e municípios ficarão fora da reforma.

Temer afirmou que tomou a decisão após recentes reuniões e que a medida foi tomada, segundo ele, em respeito ao pacto federativo. O presidente disse que mudanças para os servidores de Estados e municípios dependerão das manifestações dos governos e dos Legislativos locais.

A medida deve reduzir a pressão de professores e policiais contra a reforma da Previdência, duas categorias que vinham se posicionando publicamente contra a reforma.

Na semana passada, Temer já dava sinais de que admitiria mudar o conteúdo da reforma. “Haverá propostas de modificação num ou noutro ponto, é muito provável. […] O que não podemos é quebrar a espinha dorsal da (reforma da) Previdência.”

Para facilitar a aprovação da reforma da Previdência no Congresso, o governo articula a redação de um relatório de consenso entre deputados e senadores e deve anunciar ainda nesta semana “ajustes” à proposta enviada ao Legislativo, disse o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

O Planalto entende que a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência terá impactos imediatos na recuperação econômica. A estratégia do relatório conjunto foi acertada em reunião nesta terça-feira no Palácio entre Temer e líderes nas duas Casas. “O dogma não é que nada pode ser mudado. O dogma é sair um texto equilibrado”, disse Jucá. “O restante sai no ‘relatório da consolidação’. Temos que anunciar algumas coisas até o final da semana.”

Segundo ele, o governo avalia quais pontos poderiam ser “ajustados” no texto da proposta, caso da contribuição de trabalhadores rurais, classificado pelo senador como um dos “calcanhares de Aquiles” da reforma.

O líder sugere que seja adotado um valor fixo de contribuição, algo mais simplificado do que estabelecer a cobrança por meio de porcentagem. A questão, porém, ainda não está fechada. Jucá também defende que seja mantida a idade mínima para a aposentadoria de homens e mulheres aos 65 anos.

O senador avalia ainda que é natural haver embate político sobre o tema, principalmente com a oposição, e promete rebater os argumentos contrários lembrando que mesmo a ex-presidente Dilma Rousseff chegou a se posicionar favorável a alterações na Previdência.

Defendeu, no entanto, que a base governista se empenhe na aprovação da proposta, de forma a melhorar o ambiente econômico, o que beneficiaria o clima político em geral. “A base será fortalecida se a economia mostrar resultados”, disse.

Aliados do governo têm oferecido resistências à medida, e fizeram chegar ao Executivo uma série de sugestões e propostas de

(Com agência Reuters)

Operação Carne Fraca, maior barriga da história da PF?

A operação Carne Fraca está se revelando o maior fiasco da história da Polícia Federal. Após ler a reportagem da BBC, o jornalista e escritor Marcelo Rubens Paiva opinou que a história está lhe “cheirando a uma nova escola de Base, barriga jornalística”.

Um fiasco e uma barriga que podem nos custar, em plena recessão, um prejuízo de bilhões de dólares.

A acusação, lançada pelo delegado responsável pela operação, Mauricio Moscardi Grillo, de que haveria uso de substância para mascarar a deterioração da carne oferecida aos consumidores, chocou profundamente a população.

Daí começou-se a gritaria sobre “carne podre”.

A suspeita da PF surgiu porque, durante a investigação, os agentes ouviram executivos falando em uso de “ácido ascórbico”.

A informação foi questionada por especialistas ouvidos pela BBC, que falaram em “exagero” e “sensacionalismo”. Eles explicaram que o ácido escórbico não pode ser “demonizado”, porque se trata de substância “necessária para o processamento de alimentos”.

A PF não encontrou, em suas apreensões, nenhuma carne estragada.

O uso de papelão na carne também foi questionado. Segundo a empresa, foi um “grande mal entendido”. O funcionário falava da possibilidade de embalar a carne em papelão, ao invés de fazê-lo em plástico.

Confira a íntegra da matéria da BBC aqui. (Do Magno /Foto:Reprodução)

Moro obriga blogueiro a explicar vazamento de ação contra Lula

O juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou nesta terça-feira a condução coercitiva (quando o cidadão é obrigado a depor) do blogueiro de esquerda Carlos Eduardo Cairo Guimarães, responsável pelo Blog da Cidadania, no âmbito de um inquérito que apura o vazamento de informações sigilosas da 24ª fase da Operação Lava Jato, a Aletheia, envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele foi levado para a sede da PF em São Paulo para confirmar a fonte que lhe passou dados prévios da ação antes que ela fosse deflagrada, no início de março do ano passado.

Guimarães é investigado junto com outras pessoas por violação de sigilo funcional. “Diligências foram autorizadas com base em requerimento da autoridade policial e do MPF. Neste contexto, apura-se a conduta de agente público e das pessoas que supostamente teriam divulgado informações sigilosas e que poderiam ter colocado investigações em risco”, diz nota da assessoria de imprensa da Justiça Federal de Curitiba. Os detalhes do processo não foram revelados, porque ele tramita em sigilo de Justiça. Segundo o advogado Fernando Hideo, que defende Guimarães, além da condução coercitiva, Moro autorizou a apreensão de computadores, celulares e outros aparelhos que pudessem esclarecer como ele obteve os dados.

O defensor negou que Guimarães tenha, de posse das informações, ajudado investigados da Lava Jato a suprimir provas e classificou as medidas como “lamentáveis e arbitrárias”. Hideo invocou o direito de sigilo de fonte previsto no inciso XIV do artigo 5º, da Constituição — “é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional” —, para dizer que seu cliente não era obrigado a revelar a sua fonte.

A Justiça Federal ressaltou que apenas quem exerce a profissão de jornalista, “com ou sem diploma”, têm direito à proteção constitucional do sigilo de fonte. Segundo a nota, Guimarães não é jornalista e o seu blog é “veículo de propaganda política”. Eduardo Guimarães é filiado ao PCdoB e foi candidato a vereador na cidade de São Paulo nas eleições de 2016. Durante a campanha, Lula gravou um vídeo pedindo votos para ele. A tática não teve efeito, porque o blogueiro teve apenas 1.302 votos e não conseguiu se eleger. Além de blogueiro, ele também é comerciante.

Em texto enviado à imprensa, a força-tarefa da Lava Jato disse que há provas de que Guimarães “informou diretamente” alvos da investigação sobre medidas judiciais que seriam cumpridas na Aletheia, antes de publicar a matéria em seu blog. “Portanto, a diligência não foi motivada pela divulgação das informações à sociedade”, afirmou a nota.

O advogado de Guimarães repudiou as declarações, dizendo que, ao divulgar as informações, é “óbvio” que ele está exercendo a atividade jornalística. “Condicionar a qualificação de ‘informação jornalística’ ao conteúdo das manifestações não tem outro nome: é censura. Mais do que um direito individual do cidadão Eduardo, viola-se a garantia de acesso à informação de toda a sociedade, essencial ao estado democrático de direito”, afirmou o advogado.

Em seu site, Guimarães costumar fazer postagens críticas à Lava Jato alinhadas com a retórica dos partidos de esquerda que acusam a operação de abusos e espetacularização.

No início deste ano, Moro entrou com uma representação contra Guimarães na PF por ameaça depois que o blogueiro postou Twitter que os “delírios de um psicopata investido de um poder discricionário como Sergio Moro vão custar seu cargo, sua vida”.

Os delírios de um psicopata investido de um poder discricionário como Sergio Moro vão custar seu emprego, sua vida http://www.blogdacidadania.com.br/2015/06/direita-prefere-destruir-o-pais-a-aceitar-justica-social/ 

Guimarães, por outro lado, protocolou uma denúncia contra o juiz na Corregedoria Nacional de Justiça, em março de 2015, contestando a prisão temporária de Marice Corrêa Lima, cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Para o advogado do blogueiro, neste caso do inquérito que levou à condução coercitiva de Guimarães, Moro deveria se declarar suspeito de analisar um processo contra alguém de quem já se queixou na Justiça.

Repercussão

A condução coercitiva do blogueiro foi alvo de controvérsia nas redes sociais — levou o nome de Eduardo Guimarães aos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter — e também fora delas.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) protestaram contra a medida. “A PF ataca a liberdade de imprensa e de expressão do blogueiro – a mesma PF que tem vazado informações seletivamente de acordo com os próprios interesses, sem levar em consideração os interesses da sociedade”. As entidades dizem, ainda, que a iniciativa “representa um terrível precedente, que coloca em risco um dos mais importantes princípios do jornalismo – garantir o direito da população à informação”.

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, cuja liderança é formado por três petistas — o presidente, Padre João (MG), e os vices, Nilto Tatto (SP) e Paulo Pimenta (RS) — também emitiu nota condenando a ação. “Sérgio Moro não pode tomar as informações veiculadas no blog objeto de investigação. Além de violar o direito fundamental da liberdade de expressão e negar o sigilo de fonte, o juiz vale-se de sua posição para intimidades aqueles que denunciam a ilegalidade de suas práticas”, diz o texto.

Leia a nota na íntegra da assessoria de imprensa da Justiça Federal de Curitiba:

O senhor Carlos Eduardo Cairo Guimarães é um dos alvos de investigação de quebra de sigilo de investigação criminal no âmbito da Operação Lava Jato, ocorrida antes mesmo de buscas e apreensões.

Neste contexto, apura-se a conduta de agente público e das pessoas que supostamente teriam divulgado informações sigilosas e que poderiam ter colocado investigações em risco. Eduardo Guimarães não foi preso, mas conduzido coercitivamente para prestar declarações e já foi liberado.

Pelas informações disponíveis, o Blog da Cidadania é veículo de propaganda política, ilustrado pela informação em destaque de que o titular seria candidato a vereador pelo PCdoB pela a cidade de São Paulo. Juntos aos cadastros disponíveis, como ao TSE, o próprio investigado se autoqualifica como comerciante e não como jornalista.

As diligências foram autorizadas com base em requerimento da autoridade policial e do MPF de que Carlos Eduardo Cairo Guimarães não é jornalista, independentemente da questão do diploma, e que seu blog destina-se apenas a permitir o exercício de sua própria liberdade de expressão e a veicular propaganda político-partidária.

Não é necessário diploma para ser jornalista, mas também não é suficiente ter um blog para sê-lo. A proteção constitucional ao sigilo de fonte protege apenas quem exerce a profissão de jornalista, com ou sem diploma. A investigação, por ora, segue em sigilo, a fim de melhor elucidar os fatos.

Leia a nota na íntegra do advogado Fernando Hideo, que defende Eduardo Guimarães

A defesa repudia a nota oficial da Justiça Federal do Paraná, que, de maneira autoritária e contrariando o posicionamento do STF, pretende definir quem é ou não jornalista de acordo com juízos de valor sobre as informações e opiniões veiculadas em determinado meio de comunicação. Condicionar a qualificação de ‘informação jornalística’ ao conteúdo das manifestações não tem outro nome: é censura. No mais, é inquestionável que o fato em apuração (divulgação pública de uma informação) foi praticado no exercício de atividade jornalística. Pouco importa se ele também exerce a profissão de comerciante, é óbvio que ao divulgar publicamente estava se praticando atividade jornalística. Mais do que um direito individual do cidadão Eduardo, viola-se a garantia de acesso à informação de toda a sociedade, essencial ao estado democrático de direito.

Leia a nota na íntegra do MPF do Paraná

Nesta data, no âmbito da operação Lava Jato, foram executadas diligências policiais com a finalidade de aprofundar apurações relacionadas ao crime de obstrução da justiça. Dentre os motivos das providências, estão provas de que um blogueiro informou diretamente aos investigados a existência de medidas judiciais sob sigilo e pendentes de cumprimento. Esse vazamento para os investigados ocorreu antes mesmo da publicação das informações no blog, portanto a diligência não foi motivada pela divulgação das informações à sociedade. Além disso, as providências desta data não tiveram por objetivo identificar quem é a fonte do blogueiro, que já era conhecida, mas sim colher provas adicionais em relação a todos os envolvidos no prévio fornecimento das informações sigilosas aos investigados.

O Ministério Público Federal reforça seu respeito ao livre exercício da imprensa, essencial à democracia. Reconhece ainda a importância do trabalho de interesse público desenvolvido por blogueiros e pela imprensa independente. Trata-se de atividade extremamente relevante para a população, que inclusive contribui para o controle social e o combate à corrupção.

PF faz apreensão em casa de amigo de Humberto Costa

Agentes da Polícia Federal saíram às ruas na manhã desta terça-feira (21) para cumprir 14 mandados de busca e apreensão da Operação Lava Jato em Pernambuco, Alagoas, Brasília, Bahia e Rio de Janeiro. Os mandados foram baseados nos depoimentos de delação premiada da empreiteira Odebrecht e autorizados pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os alvos desta terça são pessoas ligadas aos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Valdir Raupp (PDMB-RO) e Humberto Costa (PT-PE). Os parlamentares, no entanto, não são alvo de mandados.

A operação desta terça partiu de um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e foi autorizada pelo STF porque o tribunal é responsável pelas investigações na Lava Jato que envolvam políticos com foro privilegiado. O G1 entrou em contato com as assessorias dos quatro senadores, mas não havia obtido resposta até a última atualização desta reportagem.

Acompanhados pelo Ministério Público Federal (MPF), os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão no Edifício Maria Beatriz, na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Os agentes foram à casa do empresário Mário Barbosa Beltrão e de Sofia Nogueira Beltrão, segundo apuraram a TV Globo e o G1. A TV Globo ligou para a casa do empresário, mas informaram que ele não estava e não passaram outro contato.

De acordo com a PF em Pernambuco, os documentos e materiais apreendidos estão sendo encaminhados para a sede do órgão, no Cais do Apolo, região central do Recife, de onde serão remetidos para Brasília. A Polícia Federal apontou ainda que as investigações seguem em segredo de Justiça. Na capital federal, os agentes da polícia fizeram buscas na empresa Confederal, de transporte de valores. O mandado na Confederal tem como alvo pessoa ligada ao senador Eunício Oliveira, segundo as investigações.

Governo não interfere na eleição da UVP

Em audiência na Casa Civil, quarta-feira passada, o Palácio garantiu neutralidade na eleição da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). “O secretário Antônio Figueira repetiu as palavras do governador Paulo Câmara, ditas em Sertânia. Ele apontou que os próprios vereadores sabem o que é melhor para a classe”, garantiu o presidente da Câmara Municipal de Sertânia, Antônio Henrique Ferreira, que também acompanhou a visita do governador à cidade na semana passada.

Filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) há quase 30 anos, Antônio Henrique é candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Josinaldo Barbosa de Araújo, de Timbaúba, nas eleições da UVP. Segundo Antônio Henrique, a  chapa contempla as mais variadas tendências, tornando-se assim uma organização apartidária, que agrupa vários municípios, priorizando a representatividade de todas regiões do Estado.

Para o candidato, essa descentralização e despartidarização são o destaque e o ponto mais importante a ser levado em consideração. “Nossa chapa pretende dar continuidade a luta e ainda mais transparência às ações da UVP, que é o que interessa ao povo de Pernambuco, sobretudo aos eleitores dos municípios associados”, comentou. O pleito acontece no próximo sábado, em Bonito, no Agreste pernambucano, durante congresso que vai reunir mais de 90 Câmaras Municipais e seus representantes