‘Golpe é romper com o que está na Constituição’