‘Está na hora de Daniel Coelho consolidar sua condição de candidato a prefeito do Recife’, diz Betinho Gomes

O deputado federal Betinho
Gomes (PSDB-PE) defendeu, por meio de nota enviada nesta terça-feira (5), que o
partido se posicione sobre as eleições municipais e oficialize a candidatura de
Daniel Coelho à Prefeitura do Recife. ” Já estamos em 2016 e é mais do que
oportuno o momento para o PSDB avançar nas articulações para o pleito de
outubro. É hora de o partido colocar o time em campo”, disse.
Para ele, a partir do
momento em que Daniel Coelho se afirmar como candidato, a executiva estadual do
PSDB “tem a obrigação de apoiá-lo e fazer a defesa a sua candidatura junto à
executiva nacional”.
Confira a nota na íntegra:
Não tem mais sentido o
PSDB evitar o debate sobre as eleições municipais que se avizinham. Já estamos
em 2016 e é mais do que oportuno o momento para o PSDB avançar nas articulações
para o pleito de outubro. É hora de o partido colocar o time em campo.
Vou defender, na primeira
reunião da executiva estadual do ano, que o PSDB inicie a montagem da sua
estratégia com olhos voltados para as eleições deste ano. E essa articulação
começa com a oficialização da candidatura de Daniel Coelho à Prefeitura do
Recife.
Está na hora de Daniel
assumir e consolidar a sua condição de candidato a prefeito do Recife, posição
que o colocará na liderança desse processo de abrir o debate metropolitano a
fim de fortalecer as candidaturas do PSDB nessa região estratégica para o
crescimento do partido no Estado.
Assim como o próprio
Recife, Jaboatão, Olinda, Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho, Itapissuma, entre
tantas outras cidades, são de suma importância para o fortalecimento do PSDB de
Pernambuco.
A partir do momento que
Daniel Coelho se afirmar como candidato, a executiva estadual tem a obrigação
de apoiá-lo e fazer a defesa a sua candidatura junto à executiva nacional.
O PSDB é o maior partido
de oposição nacional e com grandes perspectivas de resgatar em 2018 o país da
crise em que se encontra. Uma situação que o coloca em vantagem, ajudando a
fortalecer as candidaturas municipais tucanas.
E, em Pernambuco, a pedra
de toque é o Recife. O PSDB não deve abrir mão da capital pernambucana. Não tem
mais sentido o partido evitar esse debate. E Daniel deve assumir a liderança
desse processo.

Ao mesmo tempo, é preciso
deixar claro que o PSDB, embora tenha que focar nas estratégias eleitorais, não
deve abrir mão de continuar dando sustentação política ao governador Paulo
Câmara, que tem conduzido o Estado com equilíbrio e determinação. 
Do Jamildo