‘Perdi o meu tempo’, diz Niède sobre fim de recurso da Serra da Capivara

A arqueóloga Niède Guidon,
desabafou em entrevista ao programa Notícia da Manhã, da TV Cidade Verde, sobre
o fim dos recursos do Parque Serra da Capivara, que podem acabar em dois meses,
inviabilizando o funcionamento.
“O diretor do ICMBio
esteve aqui, olhou e tudo, e disse que estavam sem recursos. Não sei quando
isso vai mudar, porque a situação econômica do Brasil está muito difícil”, diz.
“O que estou vendo é que
eu realmente perdi meu tempo. Vivia em Paris, era professora lá, deixei tudo
para vir para cá, acreditando que o potencial desse parque era tanto que nós
conseguiríamos mudar toda região”, desabafa.

Mantido com doações e
recursos do Governo Federal o parque já teve 400 trabalhadores. Dos 100
guardas, só restam 30 e 90% dos 270 funcionários já foram demitidos.