Companhia aérea confirma às famílias dos passageiros que não há sobreviventes