‘BRASIL DEVE PRIORIZAR A GERAÇÃO DE EMPREGOS’