A Bomba que todos esperavam : Mulher Bate com capacete em adolescente, e da soco em uma criança !

CICERA CARVALHO SOUSA ( NENA ) 

Um caso que
esta repercutindo muito na cidade, é uma agressão física a dois menores  um
tem 17 anos e outro apenas 12 anos,  o
fato ocorreu no domingo dia 15/07 no ginásio poliesportivo do SESC Araripina,
onde estava sendo realizado os jogos municipais.
Com base nas
informações que o nosso blog recebeu, a pessoa acusada da agressão trata-se
de CICERA CARVALHO SOUSA conhecida como (NENA), pois a mesma é acusada de agredir
com um capacete um menor e da um soco no outro, o menor que levou pancada na
cabeça chegou a desmaia e foi socorrido pelo vigilante do SESC e pela equipe do
conselho Tutelar de Araripina que estavam presentes e foram levados ao Hospital
e Maternidade Santa Maria, onde fizeram os exames pra saber se não tinha nem
uma lesão grave, em seguida o conselho Tutelar acompanhado dos Genitores (pai  ou mãe)  dos menores foram  até a Delegacia de Policia Civil
pra fazer o um B.O (Boletim de Ocorrência).

Veja Abaixo
o B.O :


  Histórico 

A  Nena já é  bastante conhecida da policia ela é tida como
barraqueira, e está acostumada a fazer e acontecer e não sofre nem uma
punição,  já foram apresentado contra a
mesma vários boletins de Ocorrência.
A mais ou
menos três anos atrás essa mesma era candidata a conselheira tutelar aqui no município
de Araripina e foi afastada de concorre por conta de ter agredido uma mulher grávida,
outro caso dela é uma desacato a autoridade que foi com um dos integrantes do
Corpo de Bombeiros de Araripina, onde a mesma agrediu verbalmente essa
autoridade que não podemos citar o nome. Esperamos que as autoridades tomem uma
decisão severa a essa pessoa que não deve estar no meio da sociedade e
principalmente como gestora de Escola e secretaria cultura que são os cargos
que ela exerce. 

Conversamos com
a mãe do menor de 12 anos a senhora ZANEIDE GOMES MODESTO  que esta muito revoltada com essa situação “
é um absurdo uma mãe mandar seu filho a escola pra estudar, fazer atividades esportivas
para que tenha um futuro melhor e de repente vem uma noticia de que seu filho foi
agredido por uma mulher, eu fiquei em estado de choque e muito triste em saber
que o prefeito ainda da oportunidade a esse tipo de pessoa, como pode essa
mulher trabalhar numa secretaria de cultura qual é cultura que essa pessoa pode
representar? É bater em meu filho espancar, quero justiça e não vou descansar
enquanto ela não pagar pela o que fez, não estou falando apenas porque foi com
meu filho mas isso é uma forma de evitar que amanhã ela faça com outro e mais
outro como fez com meu filho e o colega dele ” .